Diário

Cartas do leitor

Diário


Como leitor assíduo do respeitável Diário da Região manifesto todo o meu apreço ao mais tradicional jornal de São José do Rio Preto que, no último dia 23 de julho, comemorou os seus 70 anos de circulação ininterrupta. Hoje, a sua abrangência de 69 municípios é ampliada pelo sucesso editorial de todos seus meios de comunicação eletrônica. Este êxito traz consigo a experiência de mais de 20 mil edições impressas, configurando-se sempre em exemplos da prática de um jornalismo imparcial, ético e formador de opinião. Não é a toa que hoje celebramos a longevidade de um jornal que, além de reportar, faz história em suas páginas e é notícia em todo Noroeste Paulista. O rigor e a seriedade dos seus trabalhos editoriais e administrativos são dignos dos nossos efusivos cumprimentos, o que nos leva também a expressar a certeza da continuidade desta missão iniciada em 1950.

Luiz Carlos Motta, deputado federal

Diário-2

70 anos? Poderia já ter se aposentado! Já entrou com os papéis? Não? O nosso Diário está bem vivo! Vivíssimo! Ainda bem, e fazendo a cidade e a sua região viver. E da melhor maneira com dignidade e respeito, sem nenhum preconceito, aberto ao povo para viver no melhor patamar de qualidade possível. É a qualidade total, é o ISO 9000 dos jornais! Assim se constrói um grande jornal! Trata-se desta grandeza a matéria do senhor dr. Toufic Anbar Neto na quarta-feira. dia 29 de julho, na qual ele enumerou as muitas qualidades, jogo de cintura, intemperanças e descontentamentos na qual passa um jornal para trazer-nos notícia de qualidade.

Me emocionei com as palavras do Toufic e gostaria de repetir algumas máximas escritas por ele aqui, por conter sabedoria ao celebrar este feliz aniversário do Diário: "O jornal é a voz das forças vivas da sociedade "; "seus repórteres e colunistas lavram as atas do cotidiano" e, finalmente, compactuo com o dr. Toufic sobre o que eles diz sobre a confiança dos leitores, os quais ele menciona em seu "Painel de Ideias" que "os leitores esperam que o jornal traga organizado em suas colunas, os fatos e opiniões que nos meios eletrônicos circulam de forma caótica, anárquica, atemporal e sem compromisso com a responsabilidade".

É a pura verdade, há nos meios eletrônicos uma mentirada atual que só envenena ainda mais a sociedade, isto é muito ruim principalmente no momento em todos estamos vivendo. Por isto confio nas pessoas de bem que constroem um grande jornal dia após dia. Ter 70 anos é ter muita responsabilidade, principalmente com palavra "escrita". É um jornal sem preconceito, de luta pela cidade, pelo seu bem-estar e neste bem estar cito a revista Bem Estar com dicas de saúde e muito mais. Eu a tenho levado para cidades longínquas. E quando não a levo as pessoas me cobram, se não tenho exemplares satisfatórios lanço mão do portal do Diário. Há sempre jeito de ler informações fiéis.

Eu tenho um outro amigo, que sempre cobra os meus escritos na "Coluna do Leitor", o sr. Jair Moretti, um grande filantropo que tem uma história semelhante a minha e do Toufic em questão de Rio Preto. Mas nada melhor que comemorarmos juntos este 'mega máster' aniversário de 70 anos bem vivos e bem vividos. Parabéns, Diário da Região e a todos que o compõem pelo bem-estar da nossa sociedade.

Norival Ponté, Rio Preto

Mirassol

Em nome da Unimed São José do Rio Preto, gostaria de parabenizar a equipe do Mirassol Futebol Clube pela classificação para a semi-final do Campeonato Paulista 2020. Estamos muito felizes em ter a nossa região tão bem representada neste campeonato que é considerado um dos mais importantes do País. Estarmos juntos com o time neste momento especial nos traz muito orgulho e satisfação e saber que a Unimed Rio Preto está presente nesta jornada nos mostra o quanto nossa parceria junto ao clube está sendo importante. No próximo fim de semana, a família Unimed Rio Preto estará junto com o Mirassol em torcida. Parabéns a todos os jogadores, equipe técnica e dirigentes.

José Luis Crivellin - vice-presidente da Unimed Rio Preto

Nova doença

Uma nova doença, esta exclusivamente brasileira, foi detectada: 'Morofobia Bolsonariana'. Diferente da pandemia importada, uma ação rápida aconteceu, unindo os três poderes da república. Esta doença interessa "demais" para os detentores atuais do comando. Maravilha, com essa lei por encomenda emparelhou-se com Lula com a famosa frase: "Não tem viva alma mais honesta que eu". "E agora, quem poderá nos defender?" O mito é de manteiga...está derretendo.

Edgar Antônio Sbrogio, Rio Preto

Canalhas

Venho mostrar total indignação com os nossos corruptos, canalhas e cafajestes políticos de diferentes legendas preocupados consigo próprios e jamais foram ou serão a favor da população mais carente deste país miserável e analfabeto. Somos todos contrários pelo uso do fundo partidário pelos corruptos e ladrões sem igual. Fica a pergunta: estes não têm vergonha na cara em utilizar nosso dinheiro para campanha política, estes mesmos que nos vem saqueando a mais de 20 anos?

Vejam que fomos vítimas do mensalão, petrolão e agora Covidão, será que até nesta pandemia conseguem desviar bilhões onde teriam que ser aplicados na saúde já sucateada? São cafajestes, se vocês não sabem, fiquem ao par do seguinte: Felipe Bornier, deputado federal do RJ (PROS-RJ), com outros canalhas que possuem plano de saúde pago pelo cidadão brasileiro extensivo a toda família e enteados até 25 anos de idade, agora meu amigo, estenderam até aos 33 anos... uma vergonha! Se você adoecer, é no SUS a que recorre, não? Estes corruptos vão ao Sírio Libanês, Albert Einstein, etc, pagos por você que não possui direito a nada, nem educação e segurança. Seus impostos são desviados para outras finalidades.

Tivemos um ministro da Saúde midiático, um pediatra sem ética que deveria responder por milhares de vítimas desta pandemia, com o jargão 'fique em casa', ao passo que este sempre se preocupou com a política, ao passo que deveria se preocupar com a situação da saúde, deixada aos frangalhos por governos anteriores, mais um pilantra entre tantos.

Tem uma frase de Leandro Karnal que retrata o momento: "Se você quer uma cidade sem sujeira, não faça do seu voto um lixo jogado na urna eletrônica. Pense bem". O voto consciente é importantíssimo para alterarmos esta situação, a começar com prefeitos, vereadores, governadores.

Fernando José Fernandes, Rio Preto