Affonso Oger

Cartas do leitor

Affonso Oger


Todos conhecem a história desse descendente de espanhol, que com seu pai José Oger e o irmão Clówis Oger, iniciaram com três jardineiras Ford F-5, o transporte de passageiros de Novo Horizonte para Rio Preto e vice-versa, em 1960, transformando-se com os anos , com a competência de seus membros, na grande empresa Expresso Itamarati, também agropecuária etc.

Pretendo aqui referenciar a memória da figura humana, amiga, leal, bondosa do cidadão Affonso Oger, nas suas ações e tarefas, conhecedor como poucos da parte mecânica dos ônibus, camarada com seus motoristas e mecânicos. Sempre presente na garagem conversando e orientando.

Quando preciso, apoiando seus funcionários nas soluções de problemas particulares. Atencioso e apoiador da sociedade e ms suas iniciativas, campanhas sociais beneméritas, eventos religiosos, culturais, esportivos. Foram muitos jovens que estudaram com bolsas de estudo propiciadas por ele. Devo reconhecer o apoio que sempre deu ao Rio Preto E.C., em especial por muitos anos fornecendo o transporte para as equipes do clube em partidas fora.

Affonso Oger, um homem sério, sincero, bondoso, deixa seu legado e saudades, um exemplo e orgulho para sua esposa dona Maria Ignês, filhas Sandra, Adriana, Maria José, Maria Cristina, genros e netos.

Vergilio Dalla Pria Neto, Rio Preto

Facetas humanas

Embora seja o ser humano um ser indecifrável, percebe-se alguns sinais mensuráveis de alguns tópicos. Sabemos que os homens são divididos em facetas que não se antagonizam, mas completam-se. Entre, várias outras, podemos conceber o indivíduo como: um ser ser biológico, psicológico, sexual, religioso e econômico.

Biologicamente somos seres mortais destruído pelo tempo.

Psicologicamente, ao contrário da anterior, vamos encontrar na classe média maior número, mesmo porque é nela em que está despertando maior necessidade devido ao acentuado aumento de consultas junto aos analistas.

Religiosamente, percebemos que o conhecimento, com Deus é um refresco psicológico. E, economicamente, o homem é um ser egoísta.

São perceptíveis os transtornos acarretados quando ocorre esse desequilíbrio fatal, a obsessão provocada pelo monopólio, como modo de vida, enterra felicidade.

Chegar ao ápice vivencial buscando incansavelmente, o agrupamento destes objetivos quer nos parecer a lógica perfeita. Viver o cotidiano, com estes compactos instrumentos, é sinal de sabedoria profunda.

Não deixando submergir, no lado da felicidade, a desgraça dos desequilíbrios acima mencionados e ancorar no porto da realidade, são facetas substanciais que entendemos como receita de uma vida com qualidade e produtividade.

Juarez Alvarenga, Coqueiral-MG

Cozinha

Nesta pandemia estou vivendo muito na cozinha. Parece que é uma atração a mais.Vivo na cozinha, esse maravilhoso cômodo da casa. Aliás, o mais importante, eu acho. A gente se levanta e vai para a cozinha, às onze horas vai para a cozinha, no meio da tarde volta para a cozinha, no findar do dia olha de novo o caminho da cozinha e, ao deitar.... será que devo ir para a cozinha?. Gente! Não saímos de casa, mas, sair da sala, sair da copa, sair do quarto, sair da varanda e ir para a cozinha, ah! Essa saída a gente faz todos os dias. Que bênção ter cozinha para nela a gente se mexer. Até quem vivia pedindo comida pronta, agora precisa ir um pouco para a cozinha. A gente até pede a bendita pronta, mas, que é bom fazer , isso é. O que uma pandemia não faz, heim?! Não tem mais o que fazer? Vai para a cozinha: vamos fazer bolinho de chuva, bolo de fubá com goiabada, pão de batata, até as receitas incrementadas do youtube . Ora, o tempo não está sobrando? Pegue as receitas e se divirta, preencha o tempo. Seus pneuzinhos vão adorar.

Neiva Toloi Mazete, Rio Preto

Incoerência

Sinto-me bastante chateado diante de tantas inverdades, dentre as quais, a relação entre infectados e recuperados que o governo de nosso estado apresenta para a população. Tanto barulho e controles para uma taxa extremamente pequena quando comparamos com outros valores. Vejamos: Rio Preto-55%; Região de Rio Preto- 51%; Brasil- 50%; Mundo-49%. Agora a taxa de recuperados do estado de São Paulo. Apenas 17%. Os profissionais da saúde de nosso estado, com certeza, estão se sentindo bem mais chateados que eu! Por outro lado, deixo aqui a minha expressão de satisfação pelo índice de recuperados de nossa cidade e região. Parabéns aos nossos profissionais da saúde. Valores segundo dados do Diário da Região de 20/06/2020.

Jairo Pereira da Silva, Rio Preto

Pandemia

Bom dia meu querido Pai Eterno, Deus meu em quem confio! Estou aqui meu rei para mais uma vez dirigir-lhe minha súplica para que essa pandemia que assola o mundo nos dê trégua e sobre o seu olhar mágico, Senhor, possam os cientistas acertarem medicamentos e vacina no combate do que ora nos abate, nos aflige e em virtude do perigo iminente de tudo possa ainda tornar-se pior. Como se não bastasse Senhor, as milhares de mortes em tão curto espaço de tempo, ainda o desemprego e a fome nos assombra.

Pois então Deus de Abraão e de Jacó, envie-nos Legiões Celestiais para abrandar tantos corações contritos e dilacerados, cuja confiança e espera em Vossa Misericórdia não se escapará de nossas súplicas e orações. Em nome do Deus que nos criou, de Jesus Cristo que nos remiu e do Espírito Santo que nos santifica, nós seus filhos orantes e suplicantes, esperamos do alto a sua urgente intervenção.

Estendo essa conversa com o todo onipotente, através de Maria santíssima, a todos aqueles que estão esperando de braços cruzados a vinda de algo que não virá tão facilmente nem brotará da terra. Abra, Senhor, o seu coração para os afugentados e deslumbrados, cujos olhos ainda estão voltados para aquele mundo que não mais existe e nem voltará existir. Vamos pois, através da sabedoria que temos, apossar do recurso da oração para reivindicar saúde e paz para o mundo todo. Amém.

Angela Perozin, Rio Preto