Como fazer uma carta de apresentação para enviar junto do currículo

APRESENTE-SE

Como fazer uma carta de apresentação para enviar junto do currículo

Especialistas ensinam o que deve ser feito e quais cuidados deve tomar ao redigi-la


Psicóloga Andréia Luz: carta de apresentação ajuda recrutador a conhecer melhor o candidato
Psicóloga Andréia Luz: carta de apresentação ajuda recrutador a conhecer melhor o candidato - Guilherme Baffi 21/8/2020

Conseguir um emprego, às vezes, pode ser uma tarefa um tanto difícil. É por isso que, além de ter um bom currículo, usar algumas estratégias a seu favor pode ajudá-lo a conseguir a tão sonhada vaga. Exemplo disso é a carta de apresentação, ou seja, um texto que acompanha o currículo, impresso ou por e-mail, em que o candidato se apresenta brevemente e se coloca à disposição para uma entrevista.

Segundo a psicóloga especialista em recursos humanos Andréia Luz, esta é uma ferramenta utilizada em processos seletivos que ajuda os recrutadores a conhecerem um pouco mais do candidato. Pode ser escrita no corpo do e-mail, no espaço destinado a isso em sites de empregos ou até mesmo anexa ao currículo impresso. Basicamente, a carta deverá conter uma apresentação breve de suas qualificações com o objetivo de conquistar o recrutador. "É o primeiro contato entre o candidato e o responsável pelo recrutamento, podendo aumentar suas chances de conseguir uma entrevista e ter um diferencial em relação aos outros candidatos", explica Andréia.

A psicóloga complementa dizendo que, ao escrever uma carta de apresentação, o candidato deve ser objetivo, falar sobre seus conhecimentos, experiências e principais habilidades. Aqueles que não possuem experiência profissional anterior devem incluir ações escolares de destaque, que possam mostrar suas qualidades. "É importante ficar atento ao anúncio da vaga, porque a ideia é mostrar que você é o profissional ideal para desempenhar a função a que está se candidatando. Além disso, a linguagem deve ser formal, a fim de passar profissionalismo. Muito cuidado com erros de português e digitação. Revise antes de enviar", orienta a especialista em recursos humanos.

Para a psicóloga e coach Silvana Parreira de Jesus, a carta deve ser clara e sincera, sem mentiras. "Coloque de forma direta e breve os principais propósitos, qualificações, objetivos e competências. Tome muito cuidado com o português, gramática, concordância e formatação do documento. Revise quantas vezes for necessário a sua carta antes de enviar. A mesma dica serve para o currículo", diz.

A diferença entre carta de apresentação e currículo, de acordo com a Andréia, é que a primeira tem a função de destacar as qualificações e competências comportamentais que o candidato possui. "Já o currículo é um documento mais focado no histórico profissional. Resume os cargos que exerceu, sua formação, especialização e dados pessoais, como endereço, contatos e outros", conta.

Algumas formas de chamar a atenção e se diferenciar diante dos demais candidatos, segundo Silvana, é sair dos textos prontos do início da carta de apresentação e fazer algo mais criativo. Mas ela lembra a necessidade do profissionalismo e cuidado ao redigi-la. "É interessante sempre tentar descobrir o nome da pessoa que vai receber o seu currículo e direcionar a carta a ela. Coloque suas competências e habilidades de acordo com o anúncio da vaga, mostre que tem os requisitos e finalize mostrando como pode contribuir", orienta a psicóloga Silvana.

Andréia acrescenta dizendo que o ideal é o candidato personalizar o texto de acordo com cada vaga, evitando usar a mesma carta para diferentes candidaturas. "Ela deve ser criada de acordo com os requisitos estabelecidos para que demonstre através dela competências adequadas para exercer o cargo almejado", conta.

(Colaborou Beatriz Moreira)

Como elaborar a carta de apresentação

Cabeçalho: Data, local, nome do destinatário ou área de atuação, cargo, empresa e assunto

Saudação: Inicie com pronome de tratamento formal, por exemplo, "Prezado(a), senhor(a)"

Introdução: Mencione a vaga para a qual está se candidatando, como soube da oportunidade e porque se candidatou. Lembre-se de combinar suas habilidades com o que a vaga está pedindo. Aqui você deverá despertar o interesse do recrutador por seu currículo

Finalização: Indique que você gostaria de uma oportunidade de discutir como pode contribuir mais com a empresa. Mostre entusiasmo. Por fim, agradeça e se coloque à disposição de forma formal

Fonte: Andreia Luz, psicóloga especialista em recursos humanos.