SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SEXTA-FEIRA, 24 DE SETEMBRO DE 2021
COLUNA DO DIÁRIO

Favorito à presidência da Alesp, Carlão recebe apoio de PT, DEM e MDB

Líder do governo na Assembleia Legislativa, Carlão Pignatari (PSDB) é nome forte na disputa pela presidência da Casa

Rodrigo LimaPublicado em 09/01/2021 às 22:30Atualizado há 06/06/2021 às 13:48
Líder do governo na Assembleia Legislativa, Carlão Pignatari (PSDB) é nome forte na disputa pela presidência da Casa (Divulgação/Governo São Paulo)

Líder do governo na Assembleia Legislativa, Carlão Pignatari (PSDB) é nome forte na disputa pela presidência da Casa (Divulgação/Governo São Paulo)

Seção exclusiva para assinantes. Assine para ter acesso ilimitado.

Já sou cadastrado.

Quero ter acesso ilimitado.

COLUNA DO DIÁRIO

Favorito à presidência da Alesp, Carlão recebe apoio de PT, DEM e MDB

Líder do governo na Assembleia Legislativa, Carlão Pignatari (PSDB) é nome forte na disputa pela presidência da Casa

Rodrigo LimaPublicado em 09/01/2021 às 22:30Atualizado há 06/06/2021 às 13:48

Líder do governo na Assembleia Legislativa, Carlão Pignatari (PSDB) é nome forte na disputa pela presidência da Casa (Divulgação/Governo São Paulo)

O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB), que tem base eleitoral em Votuporanga, desponta como favorito para a disputa pela presidência da Casa no dia 15 de março. O tucano tem o apoio do presidente estadual da legenda, Marco Vinholi, que considera o colega um nome forte na disputa. "A expectativa é muito positiva, tem tudo para ser um grande presidente pela sua experiência e força de trabalho", afirmou Vinholi, que neste ano também vai tentar permanecer no comando do ninho tucano no Estado.

A construção da candidatura de Carlão foi iniciada ainda no ano passado e já tem adesão de parlamentares do PT, do MDB, do DEM e do próprio PSDB. Um dos principais articuladores em favor de Carlão é outro deputado da região de Rio Preto, Itamar Borges (MDB). Considerado veterano nos corredores da Assembleia, o emedebista iniciou, silenciosamente, o lobby em favor do nome de Carlão. Itamar defende a eleição do tucano. "Estou pessoalmente empenhado em convencer maior número de colegas da importância de elegê-lo", afirma Itamar, em nota.

O outro parlamentar da região é Sebastião Santos (Republicanos), com base eleitoral em Barretos.

Carlão evita falar sobre o assunto. A Coluna apurou que ele pretende quebrar o silêncio sobre o assunto somente após a segunda quinzena de fevereiro. A eleição pela presidência da Assembleia acontecerá no dia 15 de março.

Até lá, a previsão é de que a candidatura do tucano ganhe mais musculatura. Quem vencer irá substituir o atual presidente Cauê Macris (PSDB), que tem base eleitoral na região de Americana. Os petistas, historicamente, aceitam fazer composição com o PSDB — na disputa interna da Casa — em troca dos cargos na Mesa Diretora da Assembleia.

Outras legendas tentam reunir apoio para entrar na briga pelo comando da Assembleia, como o Novo, o Psol e parte do PSL.

Se conseguir apoio para garantir a sua eleição, o tucano será mais um nome da região de Rio Preto que conseguirá a presidência da Casa. Já comandaram a Assembleia, por exemplo, o vice-governador Rodrigo Garcia (DEM) e o ex-deputado estadual Vaz de Lima (PSDB).

Curtas

Aula presencial - O Instituto Liberal de São Paulo entrou com ação, com pedido de liminar, para que a Justiça obrigue a Prefeitura de Rio Preto a organizar o retorno das aulas presenciais e suspender o decreto que autorizou a volta às salas de aula para o ensino médio e de jovens e adultos. O governo ainda estuda como será o retorno das aulas presenciais para alunos do ensino fundamental. O pedido está sob análise do juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública, Adilson Araki Ribeiro.

Frentes - O presidente da Câmara de Rio Preto, Pedro Roberto (Patriota), publicou neste sábado, 9, ato da Mesa Diretora que regulamenta a criação de Frentes Parlamentares na Casa. O documento, assinado também pela vice-presidente, Karina Caroline (Republicanos), afirma que as frentes devem ser criadas com pelo menos um terço dos vereadores e devem promover ações de interesse público. A frente parlamentar da Covid-19, para acompanhar ações da Prefeitura na pandemia, deve ser a primeira delas.

Notas

Em vigor

O governo de São Paulo publicou neste sábado, 9, no Diário Oficial do Estado, decreto com a nova classificação de regiões no plano que regra atividades permitidas durante a pandemia de coronavírus. Rio Preto e região seguem na fase amarela. O anúncio foi feito pelo secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn (foto) na sexta. O governo alterou algumas regras, principalmente na fase laranja. Atividades antes barradas nesta fase, como abertura de salões de beleza e academias, agora estão liberadas.

Outro escalão

Depois de definir o primeiro escalão, a Prefeitura de Rio Preto começou a nomeação de comissionados. Já são mais de 30 cargos. O governo de Edinho Araújo (MDB) ainda irá publicar as indicações políticas para o segundo escalão.

Bady

O ano político começou quente em Bady Bassitt. Cinco vereadores denunciaram ao Ministério Público suposta lista de nomes de professores que "serão aprovados" em processo seletivo. O prefeito Luiz Antônio Tobardini (PSDB), por outro lado, disse que o processo é para que não haja interrupção do trabalho dos professores e que não há ilegalidade.

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por