Jair Moretti 'libera' secretários na eleição

COLUNA DO DIÁRIO

Jair Moretti 'libera' secretários na eleição

Secretário de Governo afirma que primeiro escalão deve fazer campanha para reeleição de Edinho


Secretário de Serviços Gerais, Ulisses Ramalho, diz que fará campanha fora do horário de expediente
Secretário de Serviços Gerais, Ulisses Ramalho, diz que fará campanha fora do horário de expediente - Johnny Torres 11/9/2020

O secretário de Governo, Jair Moretti, afirmou que o secretariado de Rio Preto está liberado para participar da campanha eleitoral fora do horário de trabalho. "Fora do horário de trabalho está todo mundo liberado para fazer campanha", afirmou.

Ele não quis colocar cangalha no time que compõe o primeiro escalão do governo, mas ponderou: "Se é secretário no governo, esperamos que faça campanha para o Edinho".

A orientação é para secretários, técnicos e outros que migraram de outras legendas. O secretário de Governo citou, por exemplo, o caso da titular da pasta de Habitação, Fabiana Zanquetta, que optou por permanecer na administração após o Republicanos anunciar a saída do governo Edinho. Indicada pela vereadora Karina Caroline (Republicanos), ela decidiu pedir a sua desfiliação da legenda, que tem como candidata a prefeita a coronel Helena Reis.

O secretário de Serviços Gerais, Ulisses Ramalho, presidente do Patriota de Rio Preto, afirmou que faz campanha após o expediente. Ele e o subprefeito de Talhado, Pedro Nimer, presidente do MDB local, são da ala política do governo.

Apesar do início da campanha eleitoral, a Coluna apurou que Edinho não permitiu a criação de um grupo no WhatsApp destinado aos integrantes do primeiro escalão para discutir política. Foi mantido, no entanto, o grupo "zeladoria", na qual Edinho apresenta as demandas da gestão de cada pasta.

Investigação - O Ministério Público do Trabalho (MPT) instaurou inquérito civil para apurar denúncia contra a empresa ALT-TEC Serviços Técnicos em Geral Ltda, responsável pela limpeza de escolas municipais e estaduais em Rio Preto. O procurador do trabalho Paulo Roberto Aseredo vai investigar supostas irregularidades em pagamentos a funcionários. Neste ano, o próprio MPT já havia aberto outra apuração contra a empresa após denúncia de atraso de salários referentes a 2019.

Parecer - A Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ) apresentou parecer favorável à manutenção da penhora de um apartamento em nome do ex-vereador Jorge Abdanur, na Capital. A solicitação foi feita pelo Ministério Público (MP) para o ressarcimento dos danos causados aos cofres públicos em função da condenação do ex-vereador e de outros 12 então parlamentares e do prefeito Valdomiro Lopes no processo aberto pelo próprio MP sobre a criação de cargos considerados irregulares, em 2011.

Divulgação

Deputado visita HB

O deputado federal Kim Kataguiri (foto), do DEM, visitou o Hospital de Base (HB) em Rio Preto nesta terça-feira, 6, acompanhado do candidato a vereador Warlen Miiller (DEM). De bermudas, o parlamentar percorreu ainda a Faculdade de Medicina de Rio Preto (Famerp) e a AACD. Ele gravou vídeo de apoio. Kataguiri visitou também o Hospital de Amor, em Barretos.

Mais uma

Sistema de divulgação de candidaturas da Justiça Eleitoral contabiliza mais uma aspirante à Câmara de Rio Preto. Foi registrada uma candidatura individual do PCO. Com isso, Rio Preto agora tem 396 candidatos a vereador.

Vetado

O prefeito Edinho Araújo (MDB) vetou o projeto de lei do vereador Jorge Menezes (PSD) que concedia desconto de juros e mora no pagamento de IPTU em parcela única em dezembro. O prefeito alegou vício de iniciativa.