Pauléra fez exame antes de encontro com prefeito de Rio Preto

COLUNA DO DIÁRIO

Pauléra fez exame antes de encontro com prefeito de Rio Preto

Vereador testou positivo para Covid e recebeu resultado na sexta. Pinato fará exame; assessoria de Edinho descarta


Deputado Fausto Pinato (PP), o prefeito Edinho Araújo (MDB) e o vereador Paulo Pauléra (PP)
Deputado Fausto Pinato (PP), o prefeito Edinho Araújo (MDB) e o vereador Paulo Pauléra (PP) - Divulgação

O deputado federal Fausto Pinato (PP) anunciou que vai fazer o teste para a Covid-19 após o presidente da Câmara de Rio Preto, Paulo Pauléra (PP), comunicar nesta segunda-feira, 14, que foi contaminado pelo coronavírus. Os dois estiveram reunidos na última sexta-feira, 11, para fechar aliança com o prefeito Edinho Araújo (MDB). Os três até posaram para fotografia em um restaurante na Redentora.

Pauléra afirmou que fez o teste do cotonete (RT-PCR) na quinta-feira, 10, e só tomou conhecimento do resultado na sexta, por volta das 17h, após receber ligação de um médico da Secretaria de Saúde. Ele afirmou que entre os sintomas está com dor de cabeça e perdeu o olfato e o apetite. Pauléra está tomando azitromicina, antialérgico e medicamento para dor de cabeça.

Além de Edinho e Pinato, o presidente do Legislativo afirmou que se reuniu na semana passada com Celso Peixão (MDB), Fábio Marcondes (PL), Karina Caroline (Republicanos), Anderson Branco (PL), Francisco Júnior (DEM) e José Lagoeiro (Patriota).

O Diário questionou a assessoria de Edinho se o prefeito fará o teste para a Covid-19. "O prefeito tomou todas as precauções sanitárias durante encontro na semana passada", afirmou em nota. A assessoria informou ainda que "desde o início da pandemia o prefeito tem tomado todos os cuidados e diminuído o número de agendas presenciais, priorizando as videoconferências".

O secretário de Saúde, Aldenis Borim, disse que o teste não se aplica se o indivíduo não apresentar sintomas. Ele afirmou, no entanto, que as pessoas costumam fazer o teste após ter contato com um doente. "Não tem indicação total, mas se o indivíduo quiser, pode fazer. O negativo não quer dizer nada, porque o vírus pode estar no período de incubação", disse Borim.

Nomes - Partidos políticos definem os nomes das coligações para as eleições de novembro. A chapa do prefeito Edinho Araújo (MDB), que tenta a reeleição, foi denominada "Rio Preto Muito Mais". Já a coronel Helena Reis (Republicanos) é candidata pela coligação "Mudança com Segurança". A chapa encabeçada pelo candidato a prefeito Carlos Arnaldo (PDT) recebeu o nome "Rio Preto Pode Mais". As designações serão registradas na Justiça Eleitoral.

Prorrogação - A Câmara de Rio Preto vota nesta terça-feira, 15, requerimento de Marco Rillo (Psol) para prorrogar CPI que apura "suposta malversação de recursos públicos, com reformas desnecessárias em passeios públicos, contratação de obras e compra de materiais com dispensa de licitação". A CPI das Calçadas, aberta a partir de reportagem do Diário, tem prazo até 9 de outubro. Marco Rillo pede mais 30 dias.

Arquivo

O primeiro em análise

O juiz da 125ª Zona Eleitoral de Rio Preto, Paulo Zaidan Maluf (foto), publicou edital nesta segunda, 14, sobre o primeiro registro de candidatura a prefeito no município, de Carlos Arnaldo (PDT), em coligação com Rede e PV. O prazo para contestação da candidatura é de cinco dias e pode ser feita por partidos, coligações ou Ministério Público. O candidato a vice na chapa é Lawrence Garcia, do PV.

Pegou mal

O presidente do Cidadania em Rio Preto, Henrique Dias, lamentou a declaração do candidato a vice da coronel Helena dos Santos Reis (Republicanos), Cláudio Bolonhesi (PTB), sobre o uso de muletas por parte de idosos, feita durante convenção do partido. "Quem você acha que vai fazer mais? Velhos que precisam de muleta para sustentar a sua própria candidatura ou uma guerreira da estirpe da coronel Helena?", disse Bolonhesi. "Utilizo muletas e nunca me senti inútil por isso", replicou Dias, que prevê mais ataques na campanha eleitoral.