Novo define candidato a prefeito em convenção neste domingo

COLUNA DO DIÁRIO

Novo define candidato a prefeito em convenção neste domingo

Filipe Marchesoni defende desburocratizar serviços prestados pela Prefeitura de Rio Preto


Filipe Marchesoni será confirmado candidato a prefeito do NOVO e a vice Aglâe Antunes, da mesma sigla
Filipe Marchesoni será confirmado candidato a prefeito do NOVO e a vice Aglâe Antunes, da mesma sigla - Rodrigo Lima

O empresário Filipe Marchesoni será indicado candidato a prefeito de Rio Preto em convenção online realizada pelo Novo neste domingo, 6, a partir das 9h. A delegada da Polícia Civil Aglaê Antunes, filha do ex-prefeito Manoel Antunes, será a candidata a vice, formalizando a chapa pura da legenda para disputar a eleição deste ano. O Novo terá chapa com seis candidatos a vereador.

Marchesoni afirmou que podem participar da convenção os 230 filiados no partido no município. Há expectativa de que o presidente estadual da legenda, Alfredo Fuentes, também participe da reunião virtual.

O Novo não pretende formalizar aliança com outras legendas na cidade. "Temos nossos princípios e valores, em que a Prefeitura deveria cuidar da Saúde, Educação e Segurança. E não regular comércio, postos e outros. Tem de desburocratizar", afirmou o candidato a prefeito do Novo.

Uma das referências de gestão de Marchesoni é o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo). "O Zema é uma referência de metodologia de gestão. Nós temos um plano de governo simples", declarou.

O candidato do Novo disse que a eleição em Rio Preto terá dois turnos. Ele prevê que tem condições de chegar até a segunda etapa da disputa. Para isso, ele afirma que já iniciou contatos com empresários para ajudarem com contribuições para a campanha, já que o Novo não pretende utilizar os recursos do fundo partidário. "O financiamento é por intermédio de vaquinha virtual e de terceiros. Empresários que vão colocar dinheiro na conta", afirmou Marchesoni.

Manifestação - Integrantes do movimento Vem pra Rua em Rio Preto promovem uma carreata neste domingo, 6, a partir das 9h, com concentração no Centro Regional de Eventos. Eles afirmam que o objetivo da manifestação é declarar apoio à Operação Lava Jato. A expectativa é de que pelo menos 50 veículos participem da carreata. Eles afirmam que a pauta do movimento, convocado em outras cidades do País, é única e não tem nenhuma conotação política.

CONFIRMAÇÃO - O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) anunciou o vereador Marco Rillo como pré-candidato a prefeito na eleição deste ano, em Rio Preto. A indicada a vice é a atual presidente do partido, Luciana Fontes. A confirmação foi realizada na tarde deste sábado, 4. O ex-deputado estadual João Paulo Rillo, que é filho de Marco Rillo, era cotado para disputar a prefeitura na eleição de 2020, mas desistiu. A expectativa é de que ele se candidate ao cargo de vereador, também pelo PSOL.

Edinho e PL

Após anunciar que é candidato à reeleição, o prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo (MDB), vai intensificar as reuniões com representantes de partidos para aumentar o leque de alianças para a eleição de novembro. Ele se reúne nesta semana com o deputado federal Luiz Carlos Motta (de óculos na foto), do PL, e o vereador Fábio Marcondes (PL), que marcou a convenção da legenda para o dia 11.

Vai junto

E Marcondes já havia antecipado que iria acompanhar o DEM, capitaneado pelo vice-governador Rodrigo Garcia. Ou seja, o PL deve se juntar ao grupo que vai apoiar a reeleição de Edinho.

Madrugada

O presidente do PSDB de Rio Preto, Manoel Gonçalves, tentou convencer, sem sucesso, o ex-deputado estadual Orlando Bolçone (DEM) até o início da madrugada de sexta-feira, 4, a não fechar a aliança com Edinho, que se confirmou horas depois. O pré-candidato do PSDB é o vereador Renato Pupo.