Estado define plano e libera verba ao Hospital de Base de Rio Preto

COLUNA DO DIÁRIO

Estado define plano e libera verba ao Hospital de Base de Rio Preto

Governo paulista anuncia se muda horários do comércio; no sábado, Rodrigo Garcia vem a Rio Preto


Vice-governador Rodrigo Garcia em reunião em São Paulo nesta semana: visita confirmada
Vice-governador Rodrigo Garcia em reunião em São Paulo nesta semana: visita confirmada - Divulgação/Twitter

O governo de São Paulo divulga nesta sexta, 26, situação das regiões sobre plano de retomada à economia e se Rio Preto irá ter comércio com horário ampliado, com mais duas horas por dia, e mini-lockdown. A proposta do Estado prevê fechamento de domingo a terça no comércio de rua e shoppings. Prefeitura deu aval ao plano, que autoriza o comércio de quarta a sábado por seis horas diárias. Nesses dias, apenas serviços essenciais abririam.

Rio Preto deve permanecer na fase 2, laranja, do plano. Novas medidas serão anunciadas por João Doria, pois o prazo das regras atuais termina domingo, 28.

Já o vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (DEM), vem a Rio Preto sábado, 27, e assina convênio que libera recurso para o Hospital de Base. Conforme a coluna revelou nesta semana, a cúpula do governo paulista irá liberar verbas para o hospital utilizar no combate à Covid-19. O governo não revela valores do convênio, que podem passar de R$ 20 milhões.

O evento com Rodrigo Garcia será no auditório da Faculdade de Medicina de Rio Preto (Famerp), prédio ao lado do HB, com acesso restrito. É esperado ainda anúncio de mais leitos de UTI para o hospital. O HB tem 140 leitos para a Covid-19 e pode ampliar a quantidade. O vice-governador vem a Rio Preto no momento em que o Estado registra aumento de casos de coronavírus no Interior em relação à Capital. Na última semana, foram 17,9 mil casos no Interior, com aumento de 28%. Na capital foram registrados 10,7 mil casos, aumento de 14,5%.

De olho - O Ministério Público de Rio Preto acompanha ações ou compra de equipamentos no combate à Covid-19. Os dados são atualizados por sistema da CGU (Controladoria-Geral da União), do governo federal. As compras incluem recursos para Prefeitura e também hospitais. "Recebo periodicamente as notícias da remessa de emendas ou transferências de recursos para as instituições públicas e municípios locais", disse o promotor Carlos Romani, que acompanha o caso.

Correção - O valor da proposta apresentada pela Constroeste, que ficou em primeiro lugar na licitação da quarta etapa do anel viário de Rio Preto, foi de R$ 11.818.042,63, diferentemente do que foi publicado na Coluna, na edição desta quinta, 26. A proposta de R$ 12.033.549,35 foi da empresa Coplan Construtora Planalto, que foi desclassificada da licitação por divergências de planilhas apresentadas na proposta. Esta etapa prevê obras principalmente na região leste.

Divulgação/Prefeitura Rio Preto

Ônibus com ar

A frota de transporte coletivo terá mais veículos com ar-condicionado (foto), mas a data para entrarem em operação ainda está indefinida. Treze novos ônibus com ar estão na garagem da Circular Santa Luzia, mas esperam emplacamento pelo Detran. Veículos da Expresso Itamarati foram encomendados em fábrica no Rio de Janeiro. Os novos veículos são exigência do município para autorizar reajuste da tarifa no início deste ano.

Reforma

A Prefeitura de Rio Preto disparou licitações para reforma de duas escolas, que somam investimentos estimados em até R$ 2 milhões. São reformas em escola no Jardim Campo Belo, na região norte, e no bairro Solidariedade.

Estável

O quadro do pré-candidato a prefeito pelo PDT, Carlos Arnaldo, internado no HB com Covid-19, permanece "estável", segundo dado atualizado na noite desta quinta, 25.