SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SÁBADO, 16 DE OUTUBRO DE 2021
HOMENAGEM

Ciclovia em Rio Preto ganha nome de ciclista morto atropelado em 2018

Além da homenagem a Rodrigo Tozo, prefeito Edinho anunciou também uma nova ciclovia, que vai da avenida de Maio até a vicinal João Parisi; novidade receberá o nome de José Saran Neto, outro ciclista morto no ano passado

Núcleo Digital
Publicado em 23/09/2021 às 19:20Atualizado em 23/09/2021 às 19:20
Secretário de Esportes, Fábio Marcondes, prefeito Edinho Araújo (MDB) e jornalista Fernando Furlan durante inauguração da ciclovia na avenida Bady Bassitt, em Rio Preto (Divulgação/Prefeitura de Rio Preto)

Secretário de Esportes, Fábio Marcondes, prefeito Edinho Araújo (MDB) e jornalista Fernando Furlan durante inauguração da ciclovia na avenida Bady Bassitt, em Rio Preto (Divulgação/Prefeitura de Rio Preto)

A Prefeitura de Rio Preto entregou, oficialmente, no final da tarde desta quinta-feira, 23, mais uma ciclovia em Rio Preto: a pista da avenida Bady Bassitt, com 8,05 km de extensão no trecho que tem como ponto de partida a avenida Juscelino Kubitscheck, cruzamento com a rua Francisco Antonio dos Santos, percorrendo toda a extensão da avenida Bady Bassitt até a Philadelpho Gouvea Netto.

O percurso recebeu o nome do rio-pretense Rodrigo Dias Tozo, um comerciante e ciclista que sofreu acidente fatal em dezembro de 2018. Ele pedalava em grupo pelo acostamento da rodovia Washington Luís, quando foi atingido por um carro.

“Essa homenagem dando o nome a esta ciclovia ao Tozo é uma forma de homenagear um atleta, um esportista que foi vítima da violência do trânsito, uma preocupação que queremos externar. Nosso sonho é viver em um mundo onde as pessoas consigam enxergar a pessoa e não o meio de transporte. Aproveito ainda para anunciar que enviei hoje um projeto de Lei para a Câmara, denominando a ciclovia que vai da avenida de Maio até a vicinal João Parisi como José Saran Neto, uma forma singela de deixar o nome dos rio-pretenses, daqueles que amaram essa cidade”, anunciou o prefeito Edinho Araújo.

A ciclovia da avenida de Maio até a vicinal João Parisi possui aproximadamente 1,66km. Agora, o sistema cicloviário de Rio Preto passa de 17km para 25km de extensão, ampliação de 47%. O aumento das ciclovias favorece a mobilidade urbana sustentável e promove a integração da bicicleta com os demais veículos utilizados como meios de transporte na cidade. A entrega da via, além de homenagear Rodrigo Tozo, marca o início da Semana Municipal Saran e Tozo de Conscientização e Prevenção de Acidentes com Ciclistas. O evento é uma realização da Secretaria de Esportes de Rio Preto em parceria com a UGC – União dos Grupos de Ciclismo.

“Entre os dias 23 e 25 de setembro teremos a Semana Tozo e Saran de Conscientização e Prevenção de Acidentes com Ciclistas, com uma série de atividades. As ações vão desde abordagens educativas, encontro com ciclistas e motoristas e Pedalada Pela Vida. O evento é uma oportunidade para nos unirmos a esta causa que é necessária e nobre ao mesmo tempo, pois estamos homenageando quem um dia lutou para que tivéssemos esta conscientização”, destacou o secretário de Esportes Fábio Marcondes.

A programação inclui no dia 24, às 18 horas, um encontro com ciclistas e motoristas, no estacionamento do Centro Regional de Eventos, onde os participantes participam de um bate-papo com Flávio Catarucci, representante da Polícia Rodoviária Federal.

Para fechar as atividades, no dia 25, às 8h30, é a vez da Pedalada pela Vida, que tem a presença confirmada de familiares de Tozo e Saran. A concentração será no estacionamento do Centro Regional de Eventos, e os 150 primeiros ciclistas ganham uma camiseta exclusiva.

Arlindo Tozo, pai de Rodrigo Tozo esteve no local acompanhado da esposa Marilde, da filha Maira e da nora, Greice Tozo. Ele falou da emoção e do prazer em ter o nome do filho em uma obra. “Quero apenas agradecer esse momento. Dizer da nossa felicidade com a homenagem. Obrigado e que Deus possa retribuir tudo o que estão fazendo em memória do meu filho”, disse Arlindo.

Renata Saran, irmã de José Saran Neto, acompanhou a homenagem ao lado do esposo Piragibe e disse que muitas vezes faltam palavras para agradecer o carinho e o reconhecimento dos atletas. “Sei que eles não voltam mais, porém sei que outros vão deixar de ir embora por conta de ações como esta”.

“A União dos Grupos de Ciclismo está fazendo o seu papel, em virtude do crescimento vertiginoso da modalidade da bike no período da pandemia. Tivemos um acréscimo de mais de 100% de pessoas pedalando nas ruas, então temos a responsabilidade de conscientizar essas pessoas sobre a importância do uso de capacetes, lanternas, farol, luvas, e sempre obedecer às leis de trânsito. O evento tem por intuito aglutinar o seguimento e prestar uma homenagem a esses dois grandes ciclistas”, explica Fernando Furlan, representante da UGC.

Após o descerramento da placa que ficará em um totem na avenida Bady Bassitt, o prefeito Edinho Araújo entregou uma réplica para a esposa do Rodrigo Tozo, Greici Gomes Tozo, e para Kelly Saran, esposa de José Saran.

Acompanharam o evento amigos, ciclistas e familiares, além dos vereadores Bruno Moura, Odélio Chaves e os secretários Maria Cristina Godoi (Secretaria de Defesa e Direitos da Mulher, Pessoa com Deficiência, Raça e Etnia), Israel Cestari (Obras), Mario Soler (Comunicação), Ulisses Ramalho (Serviços Gerais) e Zeca Moreira (Gabinete).

Homenageados

Rodrigo Dias Tozo

Rodrigo Dias Tozo, nascido em 26 de março de 1976, era filho mais velho de Marilde Gabriel Dias Tozo e Arlindo Tozo. Desde os 12 anos de idade, começou a trabalhar com o pai.

Serviu o Tiro de Guerra em 1995 e formou-se em Ciências da Computação em 1997. No ano de 2001, fundou sua empresa denominada Tozo Embalagens Ltda, seguindo o mesmo ramo de atividade do pai.

Adepto de atividades esportivas e em especial do ciclismo nos seis últimos anos de vida, participou de diversas provas e campeonatos regionais.

Deixou como legado uma legião de amigos e pessoas com as quais conviveu e principalmente o exemplo de profissional e pai dedicado, esposo, filho amoroso e amigo leal.

Rodrigo Dias Tozo faleceu no dia 23 de dezembro de 2018, vítima de atropelamento.

José Saran Neto

José Saran Neto perdeu a vida num acidente em agosto de 2020, quando pedalava pelo acostamento da vicinal Dr. José Arroyo Martins, que liga Mirassol a Bady Bassitt. Ele foi atingido por um carro que transitava no sentido contrário.

Desde 2003, a bicicleta entrou na vida dele de forma mais efetiva. Além de pedalar, a bike era também seu negócio. Em sua oficina fazia todo tipo de manutenção e limpeza.

Ele mesmo dizia que o caminho profissional tinha sido longo e de muitos aprendizados e batalhas, mas que não tinha nascido para competir com ninguém, nem para sabotar o caminho dos outros. “Faz o seu que Deus abençoa. Acredite no seu potencial que Ele te fará avançar”, dizia Saran.

Ele sempre pedalou, sempre amou muito o que fazia, era a paixão da vida dele. E sempre foi muito preocupado com a segurança, tanto que no seu grupo de pedal, ela mostrava uma preocupação muito grande com a segurança e sempre frisava a importância dos equipamentos necessários como capacetes, luvas, os equipamentos para a bicicleta e onde andar. Ele era até “chato” em relação a isso.

Saran sempre postava em sua página profissional como cuidar uns dos outros, da segurança dos outros, dos equipamentos, da mountain bike, fazia questão de ressaltar esses cuidados.

Ciclovias

•             Av. Bady Bassitt, com 8,05km de extensão, sendo:

o             Av. Bady Bassitt: 6,60km

o             Av. J.K. de Oliveira: 0,55km (considerada apenas a ciclovia; atualmente a pista de caminhada é utilizada por ciclistas, apesar de sinalização de proibição)

o             VDT Jordão Reis: 0,90km

•             Lago 3 (Prefeito Roberto Lopes de Souza) : 1,97km

•             Av. Philadelpho (Dr. Wilson Romano Calil): 6,25km

•             Av. Nametalah Youssef Tarraf: 0,16km.

•             Residencial Fraternidade: 2,21km.

•             Av. Ernani Pires Domingues: 2,10km.

•             Av. Chosso Okanobo: 0,79km.

•             Av. Dr. Lotf João Bassitt: 0,76km.

•             Av. Cecconi e Gerosa e parte da Av. Nadima Damha: 1,0km.

•             R. Izidoro Pupin: 0,50km.

•             Av. Pedro Vilela Machado: 0,55km.

•             Av. Manoel Miceli: 0,1km.

•             Rua Josias Frazzato: 0,40km.

•             Av. Raife Rached Abissamra: 0,13km.

Total Aprox.: 25km

Em finalização (Fase IV Anel Viário):

•             Av. Ricardo Siqueira de Mendonça/Estrada Vicente Polachini/Trecho Av. Nadima Damha: 1,66km aprox.

Total Final Aprox.: 26,55km

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por