SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | QUARTA-FEIRA, 28 DE JULHO DE 2021
Concorrência Pública

Licitação para administrar a área da 'Pedra' fracassa em Rio Preto

Não houve interessado pela concorrência pública aberta no início de setembro para gestão do espaço, de frente para a avenida Philadelpho Gouveia Neto

Vinicius MarquesPublicado em 16/10/2020 às 23:20Atualizado há 06/06/2021 às 18:48
[object Object]

Não houve interessado pela concorrência pública aberta no início de setembro para gestão do espaço, de frente para a avenida Philadelpho Gouveia Neto (Mara Sousa 13/12/2017)

A licitação aberta para concessão da área da "Pedra", embaixo do complexo de viadutos Jordão Reis, fracassou pela quarta vez. Segundo publicação da Empresa Municipal de Urbanismo (Emurb) no Diário Oficial desta sexta-feira, 16, não houve interessado pela concorrência pública aberta no início de setembro para gestão do espaço, de frente para a avenida Philadelpho Gouveia Neto, de 16.500 metros quadrados (m²), no valor de R$ 11 mil por mês.

"(Licitação) Foi declarada deserta pela Comissão de Licitações em razão de nenhum interessado ter apresentado proposta", afirma trecho da publicação. A concorrência pública deixava de fora da concessão dois lotes e dois outdoors que continuariam na administração da Emurb para exposição, venda e compra de veículos e exposição de publicidade.

A Emurb tenta repassar a área para iniciativa privada, uma vez que o espaço está em estado de abandono desde o fim da parceria da Prefeitura com a Associação dos Lojistas de Veículos Automotores do Interior do Estado de São Paulo (Assoviesp).

A região da "Pedra" é uma área conhecida por ter abrigado tradicional feira de veículos, que continua sendo realizada no Parque Setorial. O espaço é alvo de polêmicas há anos. Em 2017, a Emurb travou um "cabo de guerra" com comerciantes para retirá-los da área com a promessa de que o espaço seria revitalizado com praça de alimentação, local para realização de eventos, fraldário, espaço kids, além de serviços de despachante, vistoria veicular e afins.

O projeto não saiu do papel e desde então a empresa municipal tenta atrair interessados em explorar a área.

Licitação
Rio Preto
pedra
 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por