Frente quer incluir atuais servidores e magistrados

Reforma Administrativa

Frente quer incluir atuais servidores e magistrados


Frente Parlamentar da Reforma Administrativa defende a inclusão dos atuais servidores e membros de Poder, como juízes, promotores e procuradores do Ministério Público, na reforma administrativa. Na proposta enviada ao Congresso em setembro, que mexe com a forma como os servidores são contratados, promovidos e demitidos, o governo deixou de fora funcionários atuais e membros de Poder.

A proposta faz parte de uma agenda que foi apresentada pelo grupo com a presença do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). A Frente está em funcionamento desde fevereiro, mas os trabalhos foram interrompidos pela pandemia do novo coronavírus. O documento traz uma primeira fase de sugestões para o texto do Executivo.

Para deputado federal Tiago Mitraud (Novo-MG), a não inclusão desses servidores na reforma não vai corrigir as "injustiças" atuais do funcionalismo. "Um dos principais objetivos da reforma é reduzir as desigualdades que existem no serviço público, tanto em relação ao setor privado como entre as esferas e poderes", disse.