Estado anuncia hoje nova classificação do Plano SP

ATUALIZAÇÃO

Estado anuncia hoje nova classificação do Plano SP

Rio Preto está na fase amarela do plano e Prefeitura espera avanço nesta sexta


Governador João Doria em coletiva na semana passada em que anunciou que São Paulo pode iniciar vacinação contra Covid-19 em 15 de dezembro
Governador João Doria em coletiva na semana passada em que anunciou que São Paulo pode iniciar vacinação contra Covid-19 em 15 de dezembro - Divulgação/Governo de São Paulo

O governador de São Paulo, João Doria, anuncia nesta sexta-feira, 9, a situação das regiões do Estado em relação ao plano de retomada da economia com a pandemia de coronavírus. Será a primeira revisão do plano desde o mês passado, quando o governador João Doria (PSDB) anunciou que as atualizações seriam feitas uma vez por mês e colocou todas regiões do Estado na fase amarela do plano. Nessa condição, é autorizado comércio e até eventos. Rio Preto e região estão na fase amarela do plano desde 12 de setembro. Antes, o município e 102 cidades da região estavam na fase laranja. O plano teve início em junho.

A fase atual permite abertura de setores outrora vetados, como barbearias, academias, além de bares e restaurantes.

Para determinar alterações no plano, o governo leva em conta número de casos de Covid-19, mortes provocadas por causa da doença e ainda taxa de ocupação de leitos de UTI em função da pandemia.

A região de Rio Preto registrou aumento de internações nos últimos dias.

A expectativa na Prefeitura é que Rio Preto avance de fase nesta sexta. Se isso ocorrer, setores comerciais terão maior flexibilização.A ocupação máxima no comércio ou em shoppings irá passar de 40% para 60%. A mesma possibilidade acontece, por exemplo, no comércio com aumento na capacidade de atendimento a consumidores.

As medidas, no entanto, ainda dependerão, em caso de avanço, de novos decretos da Prefeitura. Edinho afirmou nesta quinta-feira, 8, que espera avanço de fase. O prefeito, no entanto, disse que afirma que a pandemia não passou. Rio Preto contabilizava até esta quinta-feira, 23.622 casos de coronavírus, com 638 mortes.

Edinho afirmou ainda que aumento de casos pode levar a região para fase vermelha do plano, a mais restritiva, que só autoriza funcionamento de serviços essenciais. No mês passado, o governador afirmou que regiões na fase amarela não regridem mais para a laranja, que tinha flexibilização. A nova norma é de com aumento de casos, regiões passam direto para fase vermelha.

A expectativa do prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo (MDB), é de que a região avance para a fase 4 (verde) do Plano de São Paulo. O emedebista afirma que a maioria das regiões do Estado deve avançar para a próxima fase do plano.

"É possível que mudamos de fase para a cor verde. A pandemia não acabou, não tem remédio e não tem vacina. Portanto, evitar a aglomeração e fazer a sua parte. Lavar as mãos e usar a máscara em Rio Preto e em toda a região", afirmou o prefeito.

De acordo com Edinho, uma de suas preocupações é com a possibilidade de uma nova contaminação do coronavírus. "Se passarmos para verde e depois houver uma contaminação descontrolada, sem que a gente possa prestar assistência médica a todos, podemos retroceder. Rio Preto não retrocedeu em nenhum momento. Nós sempre procuramos dar os passos conscientes, no sentido, de retomar a normalidade na economia principalmente", afirmou o prefeito.

(com Rodrigo Lima)