Prefeito tem candidatura questionada

Guapiaçu

Prefeito tem candidatura questionada


A Justiça Eleitoral analisa dois pedidos de impugnação do candidato a reeleição em Guapiaçu, Carlos César Zaitune (MDB). As duas acusações foram feitas na última segunda-feira, 5, pelo candidato Jean Vetorasso (DEM). O caso está em análise pelo juiz da 312ª zona eleitoral, Evandro Pelarin.

Um dos documentos apresentados versa sobre possíveis fraudes nas atas de convenções dos partidos MDB, PSDB e PP. Segundo os advogados, as atas de convenção teriam sido copiados entre si, o que indicaria uma possível fraude nas convenções partidárias, realizadas de maneira virtual. As atas apresentaram os mesmos erros e, em alguns casos, a mesma assinatura, sendo que cada partido tem um presidente diferente. Ao todo, foram apresentadas 18 atas de convenção. "Qualquer pessoa média, verifica que essa quantidade de Atas de Convenção Partidária e Complementações, ultrapassam o limite convencional, uma vez que estamos falando de somente três partidos", disse o advogado Éder Serafim de Araújo, autor da ação.

Outro pedido foi feito tendo em vista a condenação de Zaitune no Tribunal de Justiça (TJ-SP) por ato de improbidade administrativa por ter efetuado a compra de fraldas em uma farmácia de maneira irregular. As compras foram feitas na drogaria de Karina Zaitune Pedro, prima do prefeito e casada com Edison Pedro Júnior, que à época ocupava o cargo de assessor de gabinete da prefeitura de Guapiaçu.

A sentença proferida pelo colegiado do TJ, que acatou recurso do Ministério Público, no entanto, livrou Zaitune da perda dos direitos políticos, o que permitiria a participação do prefeito nas eleições, apesar de condená-lo a perda da função pública, o que só será ratificado após recurso apresentado em instâncias superiores.

Em contato com o Diário, a assessoria da campanha de Zaitune afirmou que os pedidos apresentados são "mero recurso retórico" e que os advogados da campanha já foram citados pelo mural eletrônico e estão preparando as peças de defesa.