'Medo de que', diz Bolsonaro

'Medo de que', diz Bolsonaro


Com 91.607 mortes e 2.625.612 casos confirmados de covid-19 em todas as unidades federativas do País, de acordo com o Consórcio de Veículos de Imprensa, o presidente Jair Bolsonaro aconselhou nesta tarde de sexta, 31, seus seguidores em Bagé (RS) a enfrentarem sem medo o novo coronavírus.

O presidente ainda aproveitou a ocasião para associar o distanciamento social, com seus reflexos na economia, como a recessão, ao socialismo.

"Não tem como fugir, vamos enfrentar, proteger os mais idosos, quem tem comorbidade. Fazer como o prefeito fez aqui em Bagé. Não fechou nada aqui em Bagé. Nós temos três ondas: a questão da vida, da recessão e em cima da miséria vem o socialismo. Enfrentar as coisas, acontece, eu estou no grupo de risco. Eu nunca negligenciei, sabia que um dia ia pegar, infelizmente, acho quase todos vocês vão pegar um dia. Tem medo do quê? Enfrenta. Lamento as mortes, morre gente todo dia de uma serie de causas. É a vida", disse o presidente.