Operação da PF mira governo do Piauí

SUSPEITA DE FRAUDE

Operação da PF mira governo do Piauí


Policiais federais durante operação nesta segunda-feira, 27
Policiais federais durante operação nesta segunda-feira, 27 - Divulgação/Polícia Federal

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta segunda-feira, 27 a terceira etapa da Operação Topique para investigar supostos desvios de recursos da Educação do Piauí por meio de pagamentos superfaturados em contratos de transporte escolar. Entre os alvos da ofensiva está a deputada federal e primeira-dama Rejane Dias (PT), ex-secretária de Educação do Estado.

Agentes cumprem 12 mandados de busca e apreensão em Teresina e em Brasília. Entre os endereços-alvo da ofensiva estão a casa do governador do Estado Wellington Dias, o gabinete da deputada Rejane Dias na Câmara, a casa de um irmão da parlamentar e ainda a Secretaria de Educação do Piauí.

As ordens foram expedidas pela Justiça Federal. A operação é realizada em conjunto com o Ministério Público Federal e a Controladoria-Geral da União.

Segundo a PF, as atividades realizadas dão continuidade às investigações das operações Topique e Satélites. As ofensivas miraram em crimes de organização criminosa, corrupção ativa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro e crimes de licitação.