Decreto fecha até atividades essenciais aos domingos em Votuporanga

RESTRIÇÕES

Decreto fecha até atividades essenciais aos domingos em Votuporanga

De acordo com a Prefeitura aos domingos poderão funcionar apenas as atividades voltadas à saúde, farmácias, drogarias e postos de combustível


Prefeito de Votuporanga, João Dado (PSD), endureceu regras para reduzir casos na cidade
Prefeito de Votuporanga, João Dado (PSD), endureceu regras para reduzir casos na cidade - Divulgação/Prefeitura de Votuporanga

O prefeito de Votuporanga, João Dado (PSD), determinou o fechamento do comércio, serviços não essenciais e até os essenciais aos domingos, a partir do próximo dia 26. O decreto com as novas medidas está em vigor a partir desta segunda-feira, 20, quando foi publicado. A medida foi adotada após reunião entre prefeitos de outros 16 municípios que compõem a Região de Saúde de Votuporanga. De acordo com comunicado da Prefeitura, o decreto entrou em vigor a partir desta segunda.

"A partir de 26 de julho de 2020, inclusive, ficam suspensos aos domingos, o atendimento ao público em todas as atividades de comércio e serviços, essenciais e não essenciais, não sendo permitidas as atividades internas, nem a adoção do sistema de entrega a domicílio (delivery) e drive thru", afirma o decreto.

De acordo com a Prefeitura aos domingos poderão funcionar apenas as atividades voltadas à saúde, prestadas por instituições públicas e privadas, além de farmácias, drogarias e postos de combustível. No caso dos postos, as lojas de conveniência devem permanecer fechadas. De acordo com a Prefeitura, municípios da região irão adotar medidas semelhantes. São eles: Valentim Gentil, Álvares Florence, Américo de Campos, Cardoso, Cosmorama, Floreal, Magda, General Salgado, Macaubal, Monções, Nhandeara, Parisi, Pontes Gestal, Riolândia, Sebastianópolis do Sul e Gastão Vidigal. No sábado, a região de Votuporanga reivindicou ao governo estadual implantação de mais leitos de UTI para pacientes com Covid-19.