Bolsonaro visita batalhão em Minas Gerais

Fora da agenda

Bolsonaro visita batalhão em Minas Gerais

Viagem faz parte da tentativa do governo de emplacar uma agenda positiva para a economia do País diante do avanço da Covid-19


Bolsonaro ignorou recomendações de proteção contra 
a Covid-19
Bolsonaro ignorou recomendações de proteção contra a Covid-19 - Reprodução/Redes Sociais

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) visitou neste sábado, 27, o Batalhão Ferroviário de Araguari, em Minas Gerais. O batalhão assumirá as obras de trecho da Ferrovia de Integração Oeste-Leste, na Bahia, junto com operadoras da ferrovia.

A visita não constava da agenda oficial. A viagem faz parte da tentativa do governo de emplacar uma agenda positiva para a economia do País diante do avanço da Covid-19.

Em um dos vídeos da visita postados nas redes sociais, Bolsonaro aparece cumprimentando soldados do Exército. O presidente ignorou as recomendações contra o coronavírus e não utilizou máscara ao cumprimentá-los e para tirar fotos.

Quando chegou ao município, o presidente também provocou aglomeração. Ao pousar na base da Polícia Rodoviária Federal, ele tirou a máscara para cumprimentar de longe apoiadores. O presidente segurou o equipamento e chegou a passar a mão no rosto.

Nesta semana, um juiz do Distrito Federal determinou que Bolsonaro deve ser obrigado a usar máscara em espaços públicos da capital. A Advocacia-Geral da União (AGU) recorreu. A máscara também é obrigatória em Minas.