Prefeitura de Rio Preto recebe R$ 10 milhões para obras

SAÚDE E TRÂNSITO

Prefeitura de Rio Preto recebe R$ 10 milhões para obras

Verba será destinada para construção de duas unidades básicas de Saúde (UBS) e de duas pontes da BR-153


Secretário Marco Vinholi, vice-governador Rodrigo Garcia e prefeito Edinho Araújo, no HB
Secretário Marco Vinholi, vice-governador Rodrigo Garcia e prefeito Edinho Araújo, no HB - Guilherme Baffi 27/6/2020

Além dos leitos, o vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (DEM), e o secretário de Desenvolvimento Regional do Estado, Marco Vinholi, anunciaram neste sábado, 27, um repasse de R$ 10 milhões para a construção de duas unidades básicas de Saúde (UBS) e de duas pontes da BR-153. A verba também será destinada para complemento das marginais da duplicação dos 17,8 quilômetros do trecho urbano da Transbrasiliana, em Rio Preto.

As UBS(s) serão construídas nos bairros Solidariedade e João Paulo II, que hoje encaminham os pacientes para outras unidades. A verba, no valor de R$ 5 milhões, será repassada para a Prefeitura, a qual ficará responsável por executar a obra. Segundo o prefeito Edinho Araújo (MDB) a licitação ainda deve ser publicada.

A outra metade do recurso será destinada para a construção de duas pontes sobre o córrego Felicidade, na região leste de Rio Preto. Os novos dispositivos serão construídos nas marginais da rodovia BR-153 - que ainda está com trechos interditados por conta das obras de duplicação.

Segundo a Prefeitura, as pontes farão a ligação entre a região do Bosque Municipal e o bairro São Deocleciano para evitar que os motoristas que passam pelo trecho precisem acessar a rodovia para ir de um bairro a outro. "É uma obra importante para o trânsito da região que casa com o anel viário", afirmou Edinho.

O recurso também prevê o complemento das marginais de duplicação da BR. Além da verba do Estado, a Prefeitura entrará com uma contrapartida de R$ 2 milhões. "A obra é esperada pela população local, mas também facilitará a rotina de moradores de municípios vizinhos que utilizam diariamente a rodovia", disse Vinholi. O complemento das marginais também deve ser licitado. A Prefeitura não deu um prazo para lançar as concorrências.