Luiz Fux é eleito novo presidente do STF

SUCEDE TOFFOLI

Luiz Fux é eleito novo presidente do STF


Ministro Luiz Fux: 'Vou sempre me empenhar pelos valores morais'
Ministro Luiz Fux: 'Vou sempre me empenhar pelos valores morais' - Rosinei Coutinho/SCO/STF

O ministro Luiz Fux foi eleito nesta quinta, 25, o novo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) pelos próximos dois anos. A posse de Fux - vai suceder ao ministro Dias Toffoli no comando do STF - foi marcada para o dia 10 de setembro, às 16h. Segundo o Estadão apurou, o ministro já está em contato com generais, em um sinal de que busca pontes com as Forças Armadas e o governo Jair Bolsonaro.

"Na qualidade de presidente eleito do STF, quero fazer uma promessa que vem de dentro. Prometo aos meus colegas que vou lutar intensamente para manter o Supremo Tribunal Federal no mais alto patamar das instituições brasileiras. Vou sempre me empenhar pelos valores morais, pelos valores republicanos, me empenhar pela luta da democracia e respeitar a independência entre os poderes, dentro dos limites da Constituição e da lei. Que Deus me proteja", disse Fux.

"Eu gostaria de agradecer a Deus, que testemunhou durante toda a minha carreira na magistratura minha devoção de amor ao bem, à verdade e à justiça. E agradeço a Deus, porque supera todos os limites dos sonhos humanos de um juiz de carreira chegar à presidência do STF. Então meu primeiro agradecimento a Ele."

A votação secreta foi feita por videoconferência. O STF tradicionalmente segue o princípio da antiguidade, elegendo para a presidência o magistrado com mais tempo de atuação no tribunal e que ainda não tenha chefiado a Corte.