Câmara rejeita contas do atual prefeito

Ipiguá

Câmara rejeita contas do atual prefeito


A Câmara de Ipiguá rejeitou as contas de 2016 do prefeito Emilio Pazianoto (SD), conforme parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE-SP). A votação foi ocorreu na segunda-feira, 22. Para se livrar da rejeição, o prefeito, que está em seu segundo mandato, precisaria de pelo menos seis dos nove votos, mas obteve cinco.

Votaram pela aprovação das contas os vereadores Neusa Lino (SD), Deda Fachin (SD), Geraldo Claudino (PSDB), Marcelo Amado (PSL), Antônio Teixeira (SD). Já José Augusto Fiori (DEM), João Licurgo (PSD), Maureli Belei (PSD) e o presidente da Casa, Renato Pazianoto (PSB) votaram contra.

Entre os apontamentos do TCE estão R$ 678 mil que não foram pagos em 2016. Com a reprovação na Câmara, o processo segue ao Ministério Público e ao TCE e pode acabar em inelegibilidade. Diário tentou falar com o prefeito, mas não obteve contato.