Câmara arquiva novo pedido de comissão contra prefeito

Em duas semanas, a Câmara de Bady Bassitt rejeitou o segundo pedido de abertura de comissão processante contra o prefeito Luiz Antônio Tobardini (PSDB). A última denúncia, também relacionada a contratos da saúde sem licitação, foi arquivada por quatro votos a três - mesmo placar da primeira votação.

Votaram a favor do prefeito Márcio Elias dos Santos (PSDB), Milton Verni (PPS), Rafael Damásio (MDB) e Vanderlei Barufi (MDB). Já Airton da Silva Rego (PL), Carmem Lúcia de Alécio Silva (PSD) e Rosângela Scocca (PTB) foram favoráveis.

O presidente da Câmara, Adalmur Imada (MDB), não vota. O pedido de abertura de PC, que poderia acabar na cassação do mandato de Tobardini, foi apresentada por um eleitor e vendedor de Bady Bassitt.

Para a maioria da Câmara, o serviço questionado é de extrema importância à saúde pública, "além de a matéria ter contado com aprovação do Tribunal de Contas do Estado referente ao período", afirma nota. O prefeito não foi encontrado pelo Diário para comentar o assunto.