Maioria vota pela validade do inquérito das fake news

Julgamento no Stf

Maioria vota pela validade do inquérito das fake news


Ministro Edson Fachin deu o primeiro voto favorável
Ministro Edson Fachin deu o primeiro voto favorável - Divulgação/Supremo

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) é a favor da continuidade das investigações do inquérito que apura ameaças, ofensas e fake news disparadas contra integrantes da Corte e seus familiares. O tribunal retomou nesta tarde o julgamento de uma ação do partido Rede Sustentabilidade contra o inquérito sigiloso, que vem sendo conduzido pelo ministro Alexandre de Moraes e sobre o chamado "gabinete do ódio", grupo de assessores do Palácio do Planalto comandado pelo vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-PR), filho do presidente Jair Bolsonaro.

O julgamento, que será concluído nesta quinta-feira, serviu para marcar uma união dos ministros em defesa do STF, em frente à escalada de protestos antidemocráticos. Ao apresentar seu voto, o ministro Alexandre de Moraes, relator do inquérito das fake news, informou ter encaminhado à primeira instância 72 inquéritos sobre ataques à Corte derivados das investigações que tramitam no STF.O julgamento teve início na semana passada na semana passada com o voto do ministro Edson Fachin.