Bady Bassitt

Vereador de Bady Bassitt testa positivo para coronavírus

Presidente da Câmara determinou o fechamento do prédio


Vereador Marmitão durante a sessão da Câmara no dia 7
Vereador Marmitão durante a sessão da Câmara no dia 7 - Divulgação

Vereadores e funcionários da Câmara de Bady Bassitt vão cumprir quarentena de 14 dias depois que o vereador Márcio Elias dos Santos (PSB), conhecido como Marmitão, testou positivo para a Covid-19. Ele, inclusive, participou da sessão do dia 7 de maio.

O presidente do Legislativo, Adalmur Imada (MDB), conhecido como Patão, determinou o fechamento do prédio. O imóvel estava fechado nesta sexta-feira, 15, e já passou por um processo de desinfecção. "Estamos em quarentena. Ninguém mais apresentou sintoma", afirmou Patão ao dizer que cancelou sessão do dia 21.

A última sessão na quinta-feira, 7, contou apenas com a presença de vereadores e servidores do Legislativo. Eles debateram proposta de instalação de novos pontos de ônibus na cidade, além de revitalização dos já existentes. "O assunto gerou grande debate e um ofício assinado por todos os parlamentares cobrará providências urgentes quanto à demanda", consta em nota divulgada pela Casa.

Após a sessão, o vereador infectado, que é motorista de ambulância no município, sentiu sintomas da Covid-19. O resultado de exame foi positivo para o coronavírus e saiu na quarta-feira, 13.

Diante da constatação, como medida para evitar a disseminação do coronavírus, os serviços foram paralisados. "Se alguém apresentar algum sintoma é para fazer o teste. Todo mundo usou máscara para se resguardar", afirmou Imada.

O prefeito Luiz Antonio Tobardini (PSDB) não atendeu ligações em seu celular para comentar o assunto nesta sexta-feira, 15.