SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | DOMINGO, 25 DE JULHO DE 2021
INVICTO NO MAIÃO

Mirassol pega Nacional pela Série D do Campeonato Brasileiro

Com o empate no meio de semana diante da Portuguesa, no Rio de Janeiro, o time de Eduardo Baptista subiu para terceira posição da chave

Ozair JuniorPublicado em 16/10/2020 às 23:53Atualizado há 06/06/2021 às 18:48
[object Object]

Com o empate no meio de semana diante da Portuguesa, no Rio de Janeiro, o time de Eduardo Baptista subiu para terceira posição da chave (mirassol)

O Mirassol volta a campo na noite deste sábado, 17, contra o Nacional, de Rolândia, do Paraná, às 19 horas, no estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol, para se aproximar dos líderes do Grupo A-7 do Campeonato Brasileiro da Série D. Com o empate no meio de semana diante da Portuguesa, no Rio de Janeiro, o time de Eduardo Baptista subiu para terceira posição da chave, com nove pontos, três a menos que o Bangu, líder. A Ferroviária é segunda com 11.

"É um jogo muito importante, a gente vem de uma sequência boa de resultados importantes pra gente [dois empates e duas vitórias], queremos manter essa sequência com uma boa atuação, um grande espetáculo e com muita intensidade", disse o atacante Fabrício. "Sem duvida faz diferença vencer pelo acesso à próxima fase, liderança e mesmo a manutenção no G-4."

Em casa, mas sem o apoio do torcedor, o Leão da Araraquarense defende uma série de invencibilidade que perdura desde 26 de julho do ano passado, quando perdeu da Ferroviária pela Copa Paulista. Desde então foram dez vitórias e nove empates.

E para manter essa escrita no último jogo do primeiro turno da Série D, o time da região depende do talento de Fabrício, que ainda ostenta a artilharia do Campeonato Paulista da Série A-3 junto de Gabriel Barcos, do Rio Preto, com seis gols cada. Mesmo com a retomada da competição, que vive sua fase de mata-mata, ninguém alcançou os dois.

Fabrício chegou a defender o Cuiabá em oito jogos na Série B do Brasileiro, veio para o Leão, onde marcou um dos gols na goleada de 6 a 0 sobre o lanterna Toledo-PR. "Tive uma boa passagem no Noroeste, no Cuiabá tive entrando em alguns jogo e fui bem, daí apareceu a oportunidade de vir para o Mirassol na Série D e tenho correspondido com o gol, assistências e grandes exibições", disse o atacante, lembrando que independente da divisão, trabalhar é a receita certa. "A gente tem de manter o nível com trabalho, foco e estar sempre determinado, elevando o nível e ajudando a instituição do Mirassol."

Ficha técnica

MIRASSOL

Jeferson; Vinicius, Danilo Boza, Patrick e Luiz Henrique; Daniel, Eduardo e Cassinho; Igor Henrique, Minho e Fabrício. Técnico: Eduardo Baptista.

NACIONAL-PR

Régis; Teté, Igor, Ryan e João Victor; Ariel, Gianlluca, Cadinho e Gustavo; JP e Thiaguinho. Técnico: Nei de Paula. Árbitro: Bruno Pereira Vasconcelos (BA). Local: estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol, neste sábado, 17, às 19 horas, com transmissão pela CBF TV.

Nacional PR (divulgação)
Mirassol
Nacional
Série D
Campeonato Brasileiro
 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por