Na zona de rebaixamento, Corinthians muda de técnico
Vagner Mancini estava no Atlético-GO, que ocupa a 12ª posição
Vagner Mancini estava no Atlético-GO, que ocupa a 12ª posição - Sirli Freitas/Divulgação/Fotos Públicas

O Corinthians oficializou nesta segunda-feira, 12, a contratação do técnico Vagner Mancini, que deixou o Atlético-GO e chega com a missão de evitar o rebaixamento do time no Campeonato Brasileiro. Ele assinou um contrato válido até dezembro de 2021, mesmo com o clube perto de realizar eleições presidenciais.

Mancini inicia seu trabalho imediatamente e terá 23 rodadas para recuperar o time, que também está envolvido na Copa do Brasil - enfrentará o América Mineiro nas oitavas de final. Com ele, também chegam ao clube o auxiliar técnico Anderson Luís da Silva e o analista de desempenho Cláudio de Andrade.

O treinador substituirá o interino Dyego Coelho, que assumiu após a demissão de Tiago Nunes e não conseguiu melhorar o rendimento da equipe, somando apenas uma vitória em sete jogos. Foram três derrotas e outros três empates e um retrospecto de somente seis pontos de 21 disputados, com 28,5% de aproveitamento.

Aos 53 anos, Mancini passará pelo terceiro grande do Estado, já tendo dirigido Santos e São Paulo. Também trabalhou por Paulista, Al-Nasr, Grêmio, Vitória, Vasco, Guarani, Ceará, Cruzeiro, Sport, Náutico, Athletico, Botafogo, Chapecoense e Atlético-MG, além do Atlético-GO. Em seu currículo, acumula o título da Copa do Brasil de 2005 pelo Paulista, além de quatro estaduais, sendo dois pelo Vitória, um pelo Ceará e outro pela Chapecoense.

Tendo seu contrato regularizado, Mancini fará a sua estreia pelo Corinthians no jogo de quarta-feira com o Athletico-PR, na Arena da Baixada, pela 16ª rodada do Brasileirão. Para esse jogo, já terá o desfalque de Cássio, expulso após o apito final da derrota por 2 a 1 para o Ceará, domingo, no Castelão. No Brasileirão, o time é o 17º colocado com apenas 15 pontos, o primeiro da zona de rebaixamento.

Venda

O Al-Ittihad, da Arábia Saudita, anunciou nesta segunda-feira a contratação do volante Bruno Henrique. O atleta, de 30 anos, deixa o Palmeiras em uma transação que renderá R$ 27 milhões aos cofres do clube e vinha sendo dada como certa nos últimos dias, tanto que ele ficou fora da lista de relacionados para o clássico com o São Paulo, no último sábado.