Mateus Alves disputa título de duplas e vaga na decisão

A UM PASSO DA FINAL

Mateus Alves disputa título de duplas e vaga na decisão

Alves encara neste sábado o alemão Sebastian Fanselow por uma vaga na decisão em Setúbal; Nas duplas, com Igor Marcondes, pegam os portugueses Nuno Borges e Francisco Cabral


Mateus Alves venceu cinco jogos em Setúbal
Mateus Alves venceu cinco jogos em Setúbal - José Rasquinho/United Photo Press/Divulgação

Mateus Alves alcançou sua quinta vitória no Future de Setúbal, em Portugal, nesta sexta-feira, 9, e está a um passo de ir à final do torneio que distribui US$ 15 mil (cerca de R$ 85 mil). Em 2h04min de jogo, ele despachou o japonês Noaki Nakagawa, de virada, por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/3 e 6/4. Assim como o rio-pretense, ele havia furado o qualifying da competição. "Tem sido um torneio bem difícil, jogos bem duros, adversários jogam muito bem, venho focando jogo a jogo, pouco a pouco, e fazendo meu jogo. Não comecei muito bem, mas consegui ficar concentrado, apesar de cansado de todos esses jogos, e sai com a vitória", disse o rio-pretense.

Alves encara neste sábado o alemão Sebastian Fanselow, que despachou o brasileiro João Lucas Reis da Silva por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (1) e 6/3, por um lugar na final.

Número 308 do ranking da ITF (sigla em inglês para Federação Internacional de Tênis) e 631 da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais), Alves pega um rival experiente, de 28 anos, que ocupa a 451ª posição da ATP e tem 135 vitórias e 64 derrotas na carreira. Alves, 19 anos, tem 32 vitórias e 33 derrotas. A outra semifinal será entre o italiano Francesco Forti e o português Nuno Borges.

Junto do também brasileiro Igor Marcondes Ribeiro, Alves alcançou a decisão do Future de Setúbal eliminando a parceria formada pelo alemão Sebastian Fanselow e o austríaco Maximilian Neuchrist, por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 11/9, em 1h46min. "Um pouquinho cansado pela simples, também ganhei 6/4 no terceiro set, duplas foi um jogo pegado, ganhamos 11/9, dois jogos duros. Mas estou bem motivado, jogando um bom tênis e espero jogar melhor ainda amanhã [hoje]", disse Alves.

Na decisão, eles pegam os portugueses Nuno Borges e Francisco Cabral, que eliminaram o alemão Fabian Fallert e o norte-americano Nicolas Moreno de Alboran, com 6/3, 4/6 e 10/5. Há duas semanas, Alves e Marcondes foram campeões em Castelo Branco.