Verdão visita Botafogo e confia no retrospecto

Por invencibilidade

Verdão visita Botafogo e confia no retrospecto


Lucas Lima e Willian durante último treino nesta terça-feira
Lucas Lima e Willian durante último treino nesta terça-feira - Cesar Greco/Agência Palmeiras

Dono de uma invencibilidade de 20 jogos na temporada e único time que ainda não foi derrotado no Brasileirão, o Palmeiras vai ao Rio enfrentar o Botafogo nesta quarta-feira, às 21h30, com o pensamento de ampliar a série positiva para tentar encostar no líder Atlético-MG. A partida, válida pela 14ª rodada, será disputada no Engenhão.

A equipe alviverde, terceira colocada, com 22 pontos, cinco a menos do que o Atlético-MG, confia no bom retrospecto fora de casa para aumentar a série invicta no torneio e na temporada. São três vitórias e três empates em seis jogos como visitante na competição. O desempenho longe do Allianz Parque é superior à performance como mandante, condição em que o time empatou quatro duelos e venceu outros dois.

Os comandados do técnico Vanderlei Luxemburgo perseguem o terceiro triunfo seguido na temporada, feito que não conseguem desde o Campeonato Paulista, no qual engataram a trinca de vitórias duas vezes. Primeiro, contra Ponte Preta, Mirassol e Guarani, e mais tarde, depois da volta do futebol após a paralisação pela pandemia de covid-19, diante de Água Santa, Santo André e Ponte Preta.

A novidade entre os relacionados é o atacante Gabriel Veron, que está recuperado de entorse no tornozelo esquerdo e voltou a treinar sem limitações nesta semana. Ele tem quatro gols marcados em 19 partidas desde que subiu ao profissional. Na atual temporada, são 16 jogos e duas bolas na rede.

 

BOTAFOGO

Diego Cavalieri; Kevin, Marcelo Benevenuto, Kanu e Victor Luís; Rafael Foster, Caio Alexandre, Rentería e Rhuan; Kalou e Matheus Babi. Técnico: Bruno Lazaroni.

PALMEIRAS

Jailson; Marcos Rocha, Felipe Melo, Luan e Renan Victor (Gustavo Scarpa); Patrick de Paula, Bruno Henrique e Raphael Veiga; Wesley, Rony (Gabriel Veron) e Willian. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

  • Árbitro: Rodolpho Toski Marques (Fifa/PR).
  • Local: estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro, às 21h30, com transmissão da Globo e Pay-per-view.