América promete custear despesas para ser sede da Copinha

COPA SÃO PAULO

América promete custear despesas para ser sede da Copinha

Clube foi à Prefeitura de Rio Preto para conseguir o apoio necessário, mas segundo informou o gabinete, o poder público só poderá ajudar com o transporte das equipes para treinos


Teixeirão deve voltar a receber o torneio depois de cinco anos fora
Teixeirão deve voltar a receber o torneio depois de cinco anos fora - Mara Sousa/Arquivo

A diretoria do América encaminhou na tarde desta sexta-feira, 11, à Federação Paulista de Futebol, a confirmação de seu interesse em ser sede da 52ª Copa do São Paulo de Juniores, a ser realizada em janeiro de 2021, com jogos no estádio Teixeirão. O clube foi à Prefeitura de Rio Preto para conseguir o apoio necessário, mas segundo informou o gabinete, o poder público só poderá ajudar com o transporte das equipes para treinos.

O secretário de Governo, Jair Moretti, foi quem recebeu o presidente do Rubro, Luiz Donizete Prieto, o Italiano, a pedido da vereadora Márcia Caldas.

Mesmo assim, Italiano garantiu que o Rubro arcará com as despesas maiores, como hospedagem, lavanderia e alimentação das outras três equipes que comporão o grupo rio-pretense. Pode ser que algum time da região faça parte da sede, numa forma de conter gastos.

Italiano informou que já enviou o formulário e fotos de onde pretende abrigar as delegações: o Centro de Treinamentos Bolão, em Mirassol, e Chácara Garisto, em Rio Preto. A Federação vai analisar os documentos e garantias antes de confirmar todas as sedes.