Previsto para agosto, fim da reforma da pista do Eldorado atrasa em Rio Preto

PISTA COM 'OBSTÁCULOS'

Previsto para agosto, fim da reforma da pista do Eldorado atrasa em Rio Preto

Reforma da Pista do Eldorado vai até dezembro, frustrando prazo inicial de entrega, que era agosto; na quarta-feira, 9, a Prefeitura abriu licitação para compra de equipamentos para prática do atletismo


Arquibancadas estão em fase de acabamento; pavimentação da pista recebeu reparos e torres de iluminação foram instaladas
Arquibancadas estão em fase de acabamento; pavimentação da pista recebeu reparos e torres de iluminação foram instaladas - Ivan Feitosa/Prefeitura de Rio Preto

Prevista para ser reinaugurada em meados de agosto, a Pista de Atletismo do Eldorado só ficará pronta em dezembro deste ano, conforme informou a Prefeitura de Rio Preto. Quando a obra foi iniciada, em 23 de outubro de 2019, a previsão da empresa J.A. Playpiso era de entregar em 300 dias a nova pista, arquibancadas e suas dependências.

Na última quarta-feira, a Prefeitura abriu um pregão eletrônico para compra de aparelhos e assessórios do novo espaço. São 30 itens, dentre os quais os colchões para o salto com vara e salto em altura, sarrafos e postes para as mesmas modalidades, barreiras, blocos de partida, dardos, discos, martelos, gaiola desmontável, sistema de tábua de impulsão completo, entre outros. As empresas interessadas têm até dia 22, às 8h30, para enviarem suas propostas.

Segundo informou a administração, a pista de atletismo em si recebeu reparos no pavimento, mas ainda falta o revestimento flexível, que será a última etapa para finalização.

A Prefeitura informou ainda que os vestiários, sanitários de acesso ao público, academia, espaço de fisioterapia e academia de boxe, todos já estão na fase de pintura. A reforma da arquibancada está em fase de acabamento. As torres de iluminação já foram instaladas e faltam apenas os refletores.

Ressaltou ainda que assim que a obra for entregue, a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Smel) irá definir a data para utilização do local e como será permitido o uso.

Ao todo o investimento na reforma da pista será de R$ 5,8 milhões. A reforma da pista virou uma verdadeira novela desde a liberação de uma verba de R$ 7,2 milhões, ainda em 2013. Em fevereiro daquele ano, o então ministro do esporte Aldo Rebelo anunciou a verba e o convênio com o Governo Federal foi assinado em 30 de dezembro.

A degradação do local fez a cidade perder o seu polo de treinamento da extinta equipe BM&F Bovespa, que trouxe para cidade atletas como o bicampeão mundial indoor de salto em distância, Mauro Vinícius da Silva, o Duda. Ele mudou-se para Grande São Paulo atrás de melhores condições a pedido da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e patrocinadores em 2014. Hoje aposentado, mora em Rio Preto. Ano passado, foi a vez do campeão paralímpico Claudiney Batista dos Santos deixar a cidade atrás de melhor estrutura.

Essa é apenas uma primeira etapa da reforma do complexo esportivo. O restante da área de 38,2 mil metros quadrados, que abriga administração, salas de multiuso, piscina, quadra de areia, ginásio poliesportivo e minicampo também será revitalizada com a construção de uma pista de caminhada, novos vestiários e acessibilidade, com investimentos de mais R$ 4,9 milhões.