Mirassol cede atacante à Macaca

DE CASA NOVA

Mirassol cede atacante à Macaca

Matheus Rocha teve seu contrato rescindido e defenderá o Oeste


Atacante Zé Roberto passou por exames nesta quarta-feira para ser integrado ao elenco
Atacante Zé Roberto passou por exames nesta quarta-feira para ser integrado ao elenco - Divulgação/Ponte Preta

Herói da vitória e eliminação do São Paulo no Paulistão pelo Mirassol, o atacante Zé Roberto, de 26 anos, vai vestir a camisa da Ponte Preta na Série B do Campeonato Brasileiro. Um dos vice-artilheiros da competição ano passado, pelo São Bento, de Sorocaba, com 14 gols, Zé Roberto assinou contrato de empréstimo até o final do ano com a Macaca, que aproveitou-se da boa fase do Leão no estadual para montar uma verdadeira filial - já são cinco ex-jogadores do time da região que foram para Campinas.

"Isso é normal né, uma equipe que faz um bom campeonato, os jogadores ficam em evidencia. É o estadual mais competitivo em critério técnico e os clubes tendem a se reforçar com esses jogadores", disse o presidente, Edson Antônio Ermenegildo.

Segundo o dirigente, a sessão de Zé Roberto, que possui vínculo federativo com o Mirassol até 31 de dezembro de 2021, foi gratuita, sem contrapartida financeira, apenas pagamento de salários. Antes, o clube havia cedido os volantes Luis Oyama e Neto Moura, além do lateral-esquerdo e meio-campista Ernandes, e o meia-atacante Camilo, que antes da parada pela pandemia do coronavírus era um dos destaques e artilheiro do Mirassol com cinco gols.

Zé Roberto havia retornado ao Mirassol depois de defender o Beniyas, dos Emirados Árabes Unidos, no começo do ano, após rápida passagem pelo Atlético-GO. Esse foi o quarto Paulistão seguido que ele vestiu a camisa do Leão. Jogou contra Corinthians e São Paulo, tendo feito dois gols na vitória por 3 a 2 sobre o Tricolor.

O atacante já teve uma passagem curta pela Ponte Preta em 2016, atuou cinco jogos sob o comando do técnico Eduardo Baptista. Na Série B de 2019, pelo São Bento, marcou 14 gols em 33 partidas.

A estreia da Ponte Preta na Série B está marcada para este sábado, 8, contra o América-MG, às 21 horas, no estádio do Canindé, em São Paulo. Isso porque Campinas ainda não pode receber jogos por conta da pandemia da Covid-19.

Além de Zé Roberto, o lateral-direito e meio-campista Matheus Rocha, que fez nove jogos e um gol gol pelo Leão, rescindiu seu vínculo e assinou com o Oeste, que também jogará a Série B.

Antes deles, o Leão já havia confirmado a saída do goleiro Kewin, que vai para o Moreirense, de Portugal, e do zagueiro e capitão Reniê, que defenderá o Operário de Ponta Grossa-PR.

O Leão foca agora na disputa da Série D do Brasileiro e a primeira meta é acertar a permanência do técnico Ricardo Catalá, que conduziu o clube ao inédito 3º lugar geral do Paulistão 2020.