Corinthians bate Bragantino e pega o Leão

SEMIFINAL DO PAULISTÃO

Corinthians bate Bragantino e pega o Leão

Estreante Jô mostra estrela e marca na sua volta ao Timão em 2020


Jô marcou na sua reestreia com a camisa do Corinthians contra o RB Bragantino
Jô marcou na sua reestreia com a camisa do Corinthians contra o RB Bragantino - Rodrigo Coca/Agência Corinthians

O sonho do Corinthians de conquistar o tetra inédito do Paulistão segue vivo. Aos trancos e barrancos, a equipe está na semifinal. A classificação na noite desta quinta-feira, 30, veio do jeito que o Corinthians tem feito nos últimos anos: defesa sólida e fatal no ataque. Por 2 a 0, a vítima da vez foi o Red Bull Bragantino, que havia avançado para o mata-mata com a melhor campanha geral do Estadual.

"Fico feliz pela partida. Quero agradecer a Deus por essa oportunidade de ter voltado, poder reestrear com gol, isso é importante. Equipe está de parabéns pela partida, pela entrega. Agora são três passinhos pra alcançar o título desejado", disse Jô, autor do segundo gols, na saída de campo. "Senti um pouco, é natural depois de quase sete meses sem atuar. Consegui aguentar os 90 minutos. O cansaço bateu no final, mas quando se trata do Corinthians a entrega tem que ser maior. Conseguimos fazer uma grande partida."

O Corinthians terá pela frente o Mirassol na semifinal, em jogo que será realizado no domingo, na Arena Corinthians, porque a equipe ficou com melhor campanha do que o rival, com um gol a mais de saldo. Ambos os times somaram 20 pontos na classificação geral, com sete gols de saldo ao Timão contra seis do Mirassol.

A classificação do Corinthians ainda para as quartas de final era improvável. Após a retomada do futebol, a equipe venceu os dois jogos e contou com duas derrotas do Guarani, sendo uma delas para o São Paulo, que se despediu da disputa justamente frente o Mirassol, na quarta-feira, no estádio do Morumbi, com a derrota por 3 a 2.

No jogo desta quinta-feira, 30, o Corinthians saiu na frente logo aos 27 segundos. Éderson roubou no meio-campo, avançou sozinho até a intermediária, chutou rasteiro e viu o goleiro Júlio César falhar. A bola passou por baixo do goleiro e entrou. 1 a 0 Timão.

O Corinthians, então, passou a fazer o jogo que gosta e sabe muito bem. Ficou fechado atrás, em busca de um contra-ataque. O Bragantino só levava perigo em chutes de fora da área. Em um deles, aliás, Artur acertou o travessão de Cássio. Mas era só isso.

O problema para o Corinthians era a velocidade. Com o setor ofensivo formado por Jô, Luan e Mateus Vital, a equipe não conseguia surpreender o Bragantino. Jô não jogava havia quase oito meses e fazia sua reestreia pelo clube. O técnico Tiago Nunes, na última quarta-feira, disse que o centroavante estava garantido apenas para o primeiro tempo.

Mas Jô aguentou e mostrou seu poder de decisão. Após cobrança de escanteio de Luan da esquerda, o centroavante apareceu para ampliar de cabeça aos 19 do segundo tempo. Ele foi contratado pelo Corinthians no mês passado e não atuava desde dezembro de 2019, quando ainda defendia o Nagoya Grampus, do Japão. Atuou tanto tempo porque Tiago Nunes não tinha opção de centroavante no banco de reservas, pois Mauro Boselli passou por cirurgia no rosto depois de sofrer uma pancada na partida do último domingo.

Com a vantagem maior no placar, o Corinthians ficou ainda mais à vontade em campo. As substituições do técnico Felipe Conceição não surtiram efeito. E o "azarão" Corinthians eliminou a até então "sensação" Bragantino.

Red Bull Bragantino

RED BULL BRAGANTINO - 0

Júlio César; Aderlan (Weverton), Fabrício Bruno, Ligger e Edimar; Ricardo Ryller (Weverson), Matheus Jesus e Vitinho (Claudinho); Artur, Morato (Matheus Peixoto) e Ytalo (Alerrandro). Técnico: Felipe Conceição.

CORINTHIANS - 2

Cássio, Fagner (Michel), Gil, Danilo Avelar e Carlos Augusto; Gabriel, Éderson e Ramiro; Luan (Araos), Mateus Vital (Sidcley) e Jô. Técnico: Tiago Nunes.

Gols: Ederson a 1 minuto do 1º tempo; Jô aos 19 minutos do 2º tempo. Árbitro: Raphael Claus. Local: estádio do Morumbi, em São Paulo, na noite desta quinta-feira, 30, sem a presença de público devido a pandemia do novo coronavírus.