Novorizontino pega Botafogo pelo Troféu do Interior

Troféu do Interior

Novorizontino pega Botafogo pelo Troféu do Interior

Mesmo com a 5ª melhor campanha no Paulistão, time não foi às quartas de final


Cléo Silva, que fez gol pelo Tigre, em lance com Diego Pituca na vitória sobre Santos na Arena Corinthians
Cléo Silva, que fez gol pelo Tigre, em lance com Diego Pituca na vitória sobre Santos na Arena Corinthians - Ivan Storti/Santos FC

O que sofreu Ponte Preta, São Bento e Mirassol, respectivamente, nos três últimos estaduais, foi sentido pelo Grêmio Novorizontino na atual temporada. Esteve entre os oito melhores da primeira fase do Paulistão, mas não avançou. Time com a quinta melhor campanha no retrospecto geral do torneio, o Tigre terá de se contentar com a disputa do Troféu do Interior, a partir desta quarta-feira, 29. O Tigre, que derrotou o Santos de virada por 3 a 2 no domingo, encara o Botafogo, de Ribeirão Preto, às 19 horas, no Canindé, em São Paulo.

"Nosso grupo saiu muito acima, mérito do Santo André, que conseguiu fazer mais pontos que nós, nós fizemos 19 pontos, ficamos em quinto lugar na classificação geral, então foi realmente um grande trabalho, com apenas uma derrota na competição, então tudo isso nos levou a um grande resultado, a conquista da vaga na Série D do ano que vem, ou seja, é sempre calendário para a nossa equipe e acredito que isso foi mais importante e mais fundamental", ponderou o técnico Roberto Fonseca.

Os outros dois duelos das quartas de final do Interior vão opor Ferroviária e Inter de Limeira, que jogam às 14h45, e Guarani contra o Ituano, às 17 horas. O time de Campinas, aliás, foi outro 'punido' pelo regulamento, tendo feito a oitava melhor campanha e ficando de fora dos oito que brigam pelo título. A arquirrival Ponte Preta, apenas a 13ª no geral, se garantiu como segunda melhor equipe do Grupo A.

O Santos, 9º no geral com 16 pontos, foi outro que avançou às quartas de final pelo fraco nível dos integrantes de sua chave, mesma de Ponte, além de Água Santa e Oeste - os dois rebaixados. Muito se deve a esse aproveitamento do Peixe pela derrota imposta pelo Tigre, domingo, na Arena Corinthians. "Foi um jogo difícil, um jogo nervoso, contra uma equipe grande que você não pode vacilar e tomamos gols e conseguimos virar. E virar contra uma equipe grande, você tem que ter um poder mental, concentração e muita luta, mas foi importante. A nossa equipe conseguiu anotar três gols e isso dá moral para os nossos atletas, realmente foi importante esses três gols feitos, principalmente feito em cima de uma equipe grande", emendou Fonseca.

O Troféu do Interior pode dar ao Tigre uma vaga na Copa do Brasil, além de um prêmio de R$ 360 mil. Nesta fase eliminatória, os times foram divididos em três confrontos, levando em consideração a campanha da primeira fase. Em jogo único, avança quem vencer. Em caso de empate, a vaga será definida nos pênaltis. Os vencedores passam à semifinal, junto do time do interior de melhor campanha que for eliminado nas quartas de final do Paulistão.

NOVORIZONTINO - 3

Oliveira; Lepu (Nando), Adriano Mina, Bruno Aguiar e Reverson (Paulinho); Adilson Goiano (Bruno Santos), Léo Baiano e Vinícius Kiss (Pereira); Cléo Silva, Guilherme Queiroz (Batista) e Léo Santiago. Técnico: Roberto Fonseca.

SANTOS - 2

Vladimir; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Jobson, Diego Pituca (Tailson) e Jean Mota (Sandry); Soteldo (Anderson Ceará), Marinho (Arthur Gomes) e Uribe. Técnico: Jesualdo Ferreira.

Gols: Marinho aos 16 minutos do 1º tempo; Marinho aos 2, Cléo Silva aos 12, Guilherme Queiroz (pênalti) aos 17, e Batista aos 35 minutos do 2º tempo. Árbitro: Vinicius Furlan. Expulsão: Uribe. Local: Arena Corinthians, em São Paulo, no domingo, 26, sem a presença de público em razão da pandemia do novo coronavírus.