Corinthians vence Palmeiras e mantém chances de avançar

EM ITAQUERA

Corinthians vence Palmeiras e mantém chances de avançar

O triunfo manteve as chances do time de Tiago Nunes chegar ao mata-mata


Zagueiro Gil comemora gol que deu a vitória ao Timão na Arena diante do Palmeiras, na retomada do Paulistão
Zagueiro Gil comemora gol que deu a vitória ao Timão na Arena diante do Palmeiras, na retomada do Paulistão - Rodrigo Coca/Agência Corinthians

O Paulistão voltou logo com clássico na noite desta quarta-feira, 22. E, após mais de quatro meses sem entrar em campo, o Corinthians respirou aliviado em Itaquera ao vencer o Palmeiras por 1 a 0, pela 11ª e penúltima rodada da fase classificatória. O triunfo manteve as chances do time de Tiago Nunes chegar ao mata-mata. Um empate significaria a eliminação da equipe alvinegra, que contou com gol de Gil e defesas decisivas de Cássio.

O placar acabou agradando aos dois times. Mesmo derrotado, o Palmeiras garantiu a vaga nas quartas de final em razão dos outros resultados da rodada. Em segundo lugar no Grupo B, com 19 pontos, até pode ser alcançado pelo Novorizontino na pontuação, mas leva vantagem por ter mais vitórias. O líder da chave é o Santo André, com 20.

Já o Corinthians, com 14 pontos no Grupo D, terá pouco tempo para celebrar a vitória no clássico. Para se classificar, precisa vencer o Oeste na última rodada e torcer para que o Guarani some no máximo um ponto em seus dois últimos jogos nesta fase - neste caso, a definição seria pelo saldo de gols. Dono de 16 pontos, o time de Campinas visitará o Botafogo nesta quinta. No domingo, pega o São Paulo.

Em clássico em que cada um dominou uma etapa, os dois rivais fizeram um bom duelo, apesar das limitações impostas pela pandemia nos últimos meses. As duas equipes partiram para o ataque nos primeiros instantes da partida, num duelo franco e aberto, com boas chances de gol. Tanto que, logo aos 2 minutos, Willian bateu por cobertura e acertou o pé da trave esquerda de Cássio.

O ritmo seguiu forte até o Corinthians abrir o placar. Foi aos 14, em cobrança de escanteio. Conhecido pelo bom jogo aéreo, Gil subiu sozinho na área e cabeceou forte para o chão. A bola sofreu leve desvio em Felipe Melo e Weverton não conseguiu evitar o gol.

Depois disso, o Palmeiras só levou perigo em finalização de Viña, de fora da área, assustando Cássio, aos 18.

Ciente das dificuldades do Palmeiras, Vanderlei Luxemburgo trocou Zé Rafael por Lucas Lima. A mudança deixou a equipe mais ofensiva. Nos primeiros 15 minutos do segundo tempo, apenas o visitante atacou. Aos 7, Willian finalizou com perigo quase da marca do pênalti e Cássio fez linda defesa, com o pé. Na sequência, o goleiro corintiano voltou a trabalhar ao defender perigosa cabeçada de Vitor Hugo.

As entradas de Raphael Veiga e Gabriel Menino deixaram o Palmeiras ainda mais consistente no meio-campo. Chegou a impor pressão durante boa parte do segundo tempo. Cássio fez três defesas decisivas em apenas cinco minutos e garantiu o importante triunfo dos anfitriões.