Justiça nega pedido da defesa da ‘ex’ de Dudu

FALTA DE PROVAS

Justiça nega pedido da defesa da ‘ex’ de Dudu


Dudu
Dudu - Divulgação/Cesar Greco/SE Palmeiras

O juiz Luis Fernando Decoussau Machado, da Vara Central de Violência Doméstica contra a Mulher, da Justiça de São Paulo, negou nesta quarta-feira, 1º, um pedido feito pela defesa da ex-mulher do atacante Dudu, do Palmeiras, que o acusa de agressão. Os representantes de Mallu Ohanna Rodrigues haviam solicitado que fosse concedida uma medida protetiva que garantisse que o jogador não pudesse se aproximar dela. No entanto, o juiz recusou o pedido ao alegar falta de provas.

O casal se envolveu em uma confusão na semana passada em São Paulo. Dudu foi ao condomínio onde Mallu mora para entregar um computador e, na saída, os dois tiveram um desentendimento. A ex-mulher do jogador afirma ter sido agredida com socos e puxões de cabelo. Imagens do circuito de TV do prédio divulgadas pela defesa do atacante mostram a discussão do casal. Em um dos vídeos, Dudu é empurrado por Mallu quando tenta entrar em um carro.

Por se tratar de um processo de violência doméstica, o caso tramita em segredo de Justiça.