Teixeirão pode ser casa de treinos do BotafogoTeixeirão pode ser casa de treinos do Botafogo

PAULISTÃO

Teixeirão pode ser casa de treinos do Botafogo

Campo do América de Rio Preto foi oferecido pelo presidente Italiano ao Botafogo, mas estrutura pode não ser suficiente para equipe que briga para não cair no Paulistão e jogará a a Série B do Brasileiro


Teixeirão poderá abrigar treinos do time de Ribeirão Preto
Teixeirão poderá abrigar treinos do time de Ribeirão Preto - Mara Sousa/Arquivo

A direção do América ofereceu ao Botafogo, de Ribeirão Preto, as dependências do estádio Benedito Teixeira, o Teixeirão, para o clube treinar na sua retomada visando o término do Paulistão e a disputa do Brasileiro da Série B. A cidade de Ribeirão Preto está na faixa vermelha pelo Plano São Paulo e não pode liberar os treinamentos da equipe. Pelo protocolo de retomada, teria de treinar em cidades que se encontram em fases mais avançadas.

"Não teria problema a gente ceder, teria só de mandar um ofício ao prefeito Edinho Araújo informando. Eles querem para treinamentos apenas, mas vão definir com o treinador Claudinei Oliveira", disse o presidente do Rubro, Luiz Donizete Prieto, o Italiano, que não cobraria nada do Botafogo. "Pedi só para pagarem a energia elétrica, a gente tem colaborar nessa hora."

A assessoria do Botafogo confirmou o contato com a direção do Rubro, mas ainda não existe uma definição, já que outros locais foram analisados e existe até mesmo a possibilidade de ficarem em Ribeirão Preto.

Vir para Rio Preto traria outros problemas de logística ao Botafogo. O Teixeirão não teria estrutura adequada para alojar 40 pessoas entre atletas e comissão técnica, cozinha adequada, e assim o clube teria de ficar hospedado em algum hotel da cidade, tendo de sair para fazer seus treinos no estádio e em academias, o que não é aconselhável pelas regras de distanciamento social.

O Botafogo briga contra o rebaixamento no Paulistão, soma apenas oito pontos no Grupo B, e jogará ainda contra Guarani e Red Bull. Na Série B estreia contra o Cruzeiro, na casa do rival.

Luto no Rubro

Morreu aos 72 anos, no domingo, vítima da Covid-19, Ronaldo Souza, massagista que trabalhou no América no ano passado. Ronaldo, que era diabético, estava internado há sete dias na Santa Casa de Rio Preto. Na região trabalhou também nas equipes do Rio Preto, Mirassol e Tanabi.