DISPENSAS

Clubes da região de Rio Preto dispensam jogadores

Mirassol e Novorizontino, que disputam a elite do Campeonato Paulista, estão sofrendo consequências pela paralisação da competição


    • máx min
Camilo, autor do gol mirassolense, em lance com corintiano Pedro Henrique
Camilo, autor do gol mirassolense, em lance com corintiano Pedro Henrique - Marcos Freitas/Agência Mirassol - 29.Abr.2020

Clubes da região estão sofrendo consequências pela paralisação do Campeonato Paulista, causado pela pandemia do coronavírus. O campeonato estadual deveria ter se encerrado no último domingo, 26, e com isso, contratos de vários atletas se encerrariam no mesmo período do fim do campeonato. O Mirassol é um dos times da região que está sofrendo com o fim de contrato de seus atletas.

Segundo o presidente do clube, Edson Ermenegildo, 18 atletas do atual elenco terão seus contratos encerrados com o clube e segundo ele, no momento é inviável fazer renovações de contratos sem ter uma data de volta das competições. Mas o presidente afirma que, quando a Federação Paulista de Futebol passar uma data oficial do retorno da competição, eles se reunirão com os atletas que tiveram seus contratos encerrados para uma possível renovação, isso se esses atletas não terem assinado com nenhum outro time.

O presidente do Leão contou que no momento não foram feitas nenhuma contratação, mas a comissão técnica já trabalha com uma lista de nomes para chegar no clube. "No momento não podemos fazer nenhuma contratação, pois não temos nenhuma definição da FPF (Federação Paulista de Futebol) nem da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) sobre a volta dos campeonatos. Vai abrir uma nova janela de contratações e vamos contratar conforme o número de atletas que vamos perder por fim de contrato."

O Leão tem a disputa do Campeonato Brasileiro da série D nesta temporada, mas de acordo com o presidente o clube ainda não começou o planejamento para a competição. "Não podemos fazer um planejamento para o campeonato nacional ainda, temos que resolver o time que disputará o restante do estadual primeiro, só depois que vamos ter condições de pensar no nacional", o presidente ainda diz que o elenco para o restante do Campeonato Paulista será com bastante cara nova.

Dentre os 18 atletas que saíram do Mirassol, dois serão reforços da Ponte Preta de Campinas - o meio campista Camilo e principal nome do elenco até então, e o lateral-esquerdo Ernandes. Ambos já assinaram um pré-contrato com a Macaca e não jogam mais pelo Leão nesta temporada. Os dois atletas não poderão jogar o que resta do Campeonato Paulista desta temporada, pelo fato de já terem jogado pelo Mirassol, restando apenas a disputa do Campeonato Brasileiro da série B pela Ponte Preta.

O meia Camilo foi considerado um dos melhores reforços do time para a disputa do estadual, sendo um dos destaques da competição. Houve até recepção de vários torcedores do Leão no aeroporto quando da chegada do jogador. O ex-camisa 10 do Leão marcou cinco gols em oito jogos, sendo um dos artilheiros do Paulistão. Aos 34 anos, o meia retornava ao clube depois de uma passagem pelo time em 2013 e de lá pra cá colecionou passagens por grandes clubes do futebol brasileiro como Cruzeiro, Sport, Botafogo, Chapecoense e Internacional.

O lateral-esquerdo Ernandes é mais um que se juntará ao elenco da Ponte Preta para a temporada de 2020. O lateral vinha fazendo boas partidas jogando pela ala do Mirassol, onde participou de sete jogos. Com o término do seu contrato com o Leão, ele despertou interesse do time de Campinas para a disputa da série B do campeonato brasileiro e assinou um pré-contrato com a equipe.

Boa campanha

Até a paralisação do campeonato, o Leão era um dos times de melhor campanha na competição. Com 16 pontos, é vice-líder do seu grupo, que é liderado pelo São Paulo e está na quinta colocação geral da competição, entre os 16 clubes que disputam o campeonato. Atualmente estaria classificado para a próxima fase da competição. Com 16 gols marcado, o Mirassol é equipe que mais marcou gols na competição até sua pausa.

(colaborou Leonardo Lino)

Thiago Carvalho/Novorizontino

O Grêmio Novorizontino vive a mesma situação do rival Mirassol, com alguns jogadores chegando ao fim do contrato. Até o momento dois jogadores já tiveram seus contratos encerrados com o clube, o contrato de mais 12 atletas se encerra no dia 30 de abril. E segundo o presidente do clube, Genilson da Rocha Santos, não houve nenhuma nova contratação e ainda não se sabe quando ocorrerá.

O presidente do clube afirma que estão tomando medidas que contribuem para a saúde financeira do clube, e que o clube adotou medidas legais para negociar com atletas, funcionários e prestadores de serviços, pelo fato de estarem sem atividades no momento e afirmou que o momento é de cautela.

Segundo o presidente não está sendo feito nenhum tipo de planejamento para o Campeonato Brasileiro da série D e que não dá para fazer uma preparação sem uma data definida de volta das competições. "Não tem como contratar ou anunciar jogador nenhum, e os jogadores que terão o contrato vencido, ficarão livres no mercado. Nós seguimos com os atletas formados no clube, e os atletas que já tinham contrato para a série D."

O presidente do Tigre afirma que nenhum clube está totalmente amparado para o retorno do Campeonato Paulista. "O que vai ser feito é procurar dentro do mínimo custo possível, fazer a melhor apresentação dentro dos jogos que restam. Não temos todo o respaldo que teríamos dentro de tudo que envolve o lado financeiro, e isso deixa uma lacuna que tem que ser preenchida".

O atacante Thiago Ribeiro é um dos atletas que saíram do clube por ter seu contrato encerrado. Aos 34 anos, o atacante disputou cinco jogos nesta temporada, marcando um gol. Uma das principais contratações do Tigre para temporada, Thiago Ribeiro teve passagens por grandes times brasileiros como Santos, Cruzeiro e São Paulo, sendo até artilheiro da Libertadores da América de 2010 pelo Cruzeiro, ano em que o time de Minas foi vice-campeão da competição.

Outro jogador que teve seu vínculo encerrado com o Tigre foi o atacante Capixaba. O atacante de 23 anos disputou oito jogos pelo Novorizontino, marcando um gol pelo clube nesta temporada.

O time de Novo Horizonte é o atual terceiro colocado do seu grupo, com 16 pontos conquistados. Atualmente o Tigre está fora da zona de classificação para a próxima fase do campeonato, porém possui a sétima melhor colocação geral na competição, entre os 16 clubes participantes.