Preço do litro do óleo de soja sobe em Rio Preto

ÓLEO DE SOJA ESTÁ MAIS CARO

Preço do litro do óleo de soja sobe em Rio Preto

Veja pesquisa de preços de 120 produtos em 13 supermercados de Rio Preto e gaste menos nas compras


Gisela Dias passou a optar por outras marcas de óleo
Gisela Dias passou a optar por outras marcas de óleo - Leonardo Lino 29/7/2020

O litro do óleo de soja está mais caro nos supermercados de Rio Preto. Seguindo o mesmo rumo de outros itens básicos, o óleo de soja registrou seguidos aumentos, de acordo com as pesquisas feitas pelo Diário. Dependendo da marca do produto o aumento constatado pelo Diário é de até 11%. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial do país, também registrou aumento no item.

De acordo com o levantamento feito pelo Diário nesta sexta-feira, 31, o litro do óleo de soja Soya foi encontrado pelo menor valor de R$ 3,99. No dia 3 de julho, o mesmo custava
R$ 3,59, um aumento de R$ 0,40 ou 11%. O óleo de soja Liza era encontrado pelo valor mais alto de R$ 3,99 o litro no começo do mês. Nesta sexta-feira o maior valor encontrado foi de R$ 4,29, aumento de R$ 0,30.

De acordo com o IPCA, o grupo de óleos e gorduras subiu em 1,98% no mês de junho e em 5,60% no ano. O óleo de soja registrou aumento de 8,67% no ano e em junho esse aumento foi de R$ 2,47%. O azeite de oliva, usado por muitos no lugar do óleo, também subiu. Em junho foi registrado um aumento de 2,00%. Em relação ao ano, esse aumento foi de 2,49%.

Segundo o economista José Mauro da Silva, o Brasil é um dos maiores exportadores de soja e como a China está comprando muito, a produção interna fica menor. "O mercado interno precisa ter um faturamento maior e isso faz elevar o preço. As indústrias têm produção suficiente para deixar com o valor menor, mas o momento é ideal para exportação, por conta da alta do dólar e isso acaba deixando o valor interno alto".

Silva afirma que os consumidores devem economizar na hora de usar o óleo pelo fato de que as opções são poucas para economizar no produto. "Reduzir o uso do óleo e tentar buscar substitutos. A banha de porco é um recurso. Apesar de uma lata custar cerca de R$ 20, ela vai durar por três meses mais ou menos. Pesquisar em alguns locais é essencial e comprar em maior quantidade, dependendo de quanto estiver o desconto, também é uma opção".

A dona de casa Marilda Careno tem algumas marcas de preferência, mas isso não a impede de usar outras formas para economizar no produto. "Quando não tem a marca que eu gosto eu acabo comprando de outra. Mas geralmente, quando o preço está alto como o de agora, passo a comprar em menor quantidade. Comprar somente o necessário é sempre importante, ainda mais nesse momento de preços altos".

Já a empresária Gisela Dias não liga tanto para marcas e está sempre em busca do produto que esteja em promoção. "Esses produtos estão aumentando muito, principalmente os itens básicos. De vez em quando compro óleo em maior quantidade para durar mais tempo e dependendo do local, comprando em maior quantidade, ele fica mais em conta. A gente acaba definindo duas ou três marcas de preferência e aí eu pego o que está mais barato no dia".

Pesquisa

Na pesquisa desta sexta-feira, 31, o Diário cotou o preço de 120 produtos em 13 supermercados de Rio Preto. A variação total foi de R$ 352,23.

O óleo de soja com maior variação foi o da marca Liza, que pode ser encontrado por preços extremos de R$ 4,29 e R$ 3,89 o litro. Uma diferença de R$ 0,40.

Clique aquipara ver tabela de preços de cesta básica
Clique aquipara ver tabela de preços de produtos de supermercados e atacarejos

Reprodução

O óleo de soja é um dos produtos mais consumidos pelos brasileiros no preparo dos alimentos, mas também é um dos menos aconselháveis pelos riscos que pode trazer à saúde.

Segundo a nutricionista Fransciele Loureira Molina, o óleo de soja contém gordura trans e essa gordura pode causar aumento de inflamações, estresse oxidativo, aumento da resistência à insulina e pode causar problemas cardíacos.

Para quem deseja ter uma vida mais saudável, existem alguns substitutos. "Óleo de coco, azeite, óleo de abacate, óleo de linhaça, manteiga e banha de porco são mais saudáveis, porém que também devem ser usados com moderação". Em relação aos preços, os mais baratos são manteiga, banha de porco e azeite.

Segundo Fransciele, caso não consiga substituir o óleo de soja por outro óleo mais saudável, ainda dá para fazer uma melhor escolha. "O ideal comprar óleo de soja não transgênico e orgânico, pois ele será menos processado. O uso precisa ser muito controlado; nada de fazer imersão de alimentos no óleo. Use apenas um fio para grelhar os alimentos e para fazer o arroz", orienta.