ECONOMIZE

Veja lista com cotação de 119 produtos em 12 supermercados de Rio Preto

Veja lista com cotação de 119 produtos em 12 supermercados


Professora Silvana Mariano notou aumento 
no preço dos produtos de limpeza
Professora Silvana Mariano notou aumento no preço dos produtos de limpeza - Felipe Nunes 21/05/2020

A variação total dos 119 produtos pesquisados pelo Diário em 12 supermercados de Rio Preto chegou a R$ 321,97 esta semana. Na pesquisa, o que mais chama atenção são as diferenças de preços de produtos de higiene pessoal e de limpeza.

O recipiente de 2 litros do amaciante da marca Comfort pode ser encontrado pelo consumidor nos valores extremos de R$ 17,84 e R$ 9,49, uma diferença de R$ 8,35. Já o tira manchas em pó da marca Vanish de 450g pode ser encontrado por R$ 27,90 e R$ 14,28, uma variação de R$ 13,71.

Foram justamente os preços dos produtos utilizados para a limpeza da casa que chamaram a atenção da professora de piano, Silvana Mariano. "O preço da água sanitária mudou bastante desde a minha última compra. Também estranhei o preço dos desinfetantes", disse. Para driblar o aumentos, ela aposta na pesquisa em diferentes locais.

O comerciante Carlos Assunção faz as compras semanalmente e diz também ter percebido o aumento de alguns itens. "Alguns produtos que costumava levar estão em falta. Mas estou optando por outras marcas mais baratas".

Em relação aos produtos de higiene pessoal, o shampoo da marca Pantene pode ser encontrado pelos valores de R$ 23,95 e R$ 14,79, uma diferença de R$ 9,16. Enquanto isso, o desodorante da marca Dove é comercializado pelos preços de R$ 16,99 e R$ 10,79. Nesse caso, a diferença é de R$ 6,20.

A grande variação de valores entre produtos da mesma marca reforçam a importância de o consumidor criar o hábito de pesquisar.

Clique aquipara ver tabela de preços de cesta básica

Clique aquipara ver tabela de preços de produtos de supermercados e atacarejos

Como ler os medidores de energia elétrica

Durante esse período de pandemia, os consumidores podem optar por fazer a própria leitura do medidor de energia ou pagar pela média de consumo dos últimos 12 meses, segundo uma resulução da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). O objetivo dessa determinação é proteger os clientes e os funcionários de contágio pelo novo coronavírus, já que os profissionais normalmente vão aos endereços dos consumidores para fazer a leitura dos medidores.

Se o consumidor optar pela média, a diferença será cobrada quando a leitura voltar a ser feita pelos profissionais da distribuidora de energia. Mas para os que optarem por realizar a própria leitura do relógio, o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) criou um passo a passo para orientar as pessoas de como realizarem esse procedimento. O passo a passo pode ser conferido no portal do instituto (idec.org.br)

A partir do mês que vem o Governo dará início aos novos saques emergenciais do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, no valor de R$ 1,045. A retirada poderá ser feita de 15 de junho a 31 de dezembro.

Os trabalhadores poderão ter acesso ao valor das contas ativas (ou seja, do trabalho atual) ou de contas inativas (de trabalhos anteriores). A decisão de liberar o recurso é uma estratégia de minimizar os impactos causados pela pandemia do novo coronavírus, já que muitas famílias foram afetadas com a diminuição de renda. Para quem escolher ter acesso ao benefício, confira algumas dicas de como utilizar o dinheiro:

Pagar dívidas - essa é a oportunidade de o trabalhador sanar algumas dívidas que não poderia pagar anteriormente. Dê preferência àquelas que possuem alta de juros. Caso não consiga liquidar a dívida, a orientação é adiantar as parcelas.

Cuidado com as promoções - muitos comerciantes estão apostando nas promoções para conseguir atrair a atenção dos consumidores, por conta do período de recessão. Por conta disso, estamos sendo bombardeados diariamente com anúncios de ofertas. Nesse momento, é preciso ter autocontrole e não utilizar o dinheiro para algo que não seja essencial.

Pague à vista e pechinche - uma das intenções do governo para a liberação do FGTS é de que boa parte do recurso seja usado no consumo, para fazer a economia crescer. Mas, nos casos em que o dinheiro for utilizado para comprar algum bem material, vale a pena tentar negociar. Não é preciso ter vergonha.

Monte uma reserva - caso não esteja necessitando do dinheiro no momento, pode ser interessante fazer uma reserva de emergência para utilizá-lo em casos excepcionais.