ECONOMIZE

Veja levantamento de preço em 30 revendedoras de gás de Rio Preto

Na pesquisa realizada pelo Diário em 30 revendedoras, todos os os responsáveis afirmaram terem estoque de gás


Preço mais encontrado do botijão nas revendedoras é de R$ 75 para a entrega
Preço mais encontrado do botijão nas revendedoras é de R$ 75 para a entrega - Marcello Casal/Agência Brasil

O abastecimento de gás voltou ao normal no mês de maio, após um período em que o produto esteve em falta em boa parte das revendedoras de Rio Preto. A escassez pontual ocorreu logo após o início do período de quarentena, o que provocou um aumento na demanda dos consumidores que passaram a estocar o produto.

Esse aumento na procura pelo gás de cozinha atrasou a entrega da Petrobrás para as distribuidoras, o que causou filas de engarrafamento e provocou no consumidor final a sensação de escassez, explicou o Sindgás (Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo).

Na pesquisa realizada pelo Diário em 30 revendedoras, todos os os responsáveis afirmaram terem estoque de gás. Mas algumas já afirmaram estarem sentindo os efeitos do período de pico nas vendas. "Hoje o nosso estoque está bom, mas a clientela sumiu", comentou Roberto Bastos Santos, dono de uma revenda de gás e água no bairro São Francisco. "Como muitas pessoas estocaram, acho que ainda estão usando o botijão ficou guardado", diz. 

Algumas revendedoras estão apostando no preço para conseguir driblar a falta de clientes. "Sentimos que a procura está bem menor. Então para atrair os clientes, decidimos abaixar em R$ 3 o valor do botijão", conta Claudia Esteves, que tem uma revenda de gás no Jardim Urano.

Mesmo que o produto não esteja em falta, alguns comerciantes notaram uma diminuição no número de botijões entregues pelas distribuidoras. "Sinto que estão fracionando os pedidos. Se pedimos 50 eles entregam 40. Se pedimos 30, eles entregam 20", conta Humberto Jordão, que possui um estabelecimento de venda de água e gás no bairro Vila Zilda. "Mas, como a procura caiu nesses últimos doas, estamos conseguindo trabalhar com estoque", explica.

Pesquisa

No levantamento de preços feito em 30 revendedores de Rio Preto, o valor mais alto encontrado do botijão de gás é de R$ 80 para entrega e R$ 78 para a retirada. O preço mais baixo encontrado no comércio é de R$ 70 para a entrega e de R$ 65 para a retirada.

O preço mais praticado quando é para entregar é de R$ 75, valor encontrado em 19 estabelecimentos. Caso o consumidor prefira retirar o seu botijão de gás no local, ele encontrará o preço mais praticado de R$ 70, esse valor também é praticado em 19 comércios de Rio Preto.

A pesquisa também apresenta o levantamento de preço em 28 revendedoras de água. Por ter muita diferença de marcas, tanto no gás como na água, não houve comparação de preços de um local para o outro.

Clique aquipara ver a tabela de preços de gás e água