Pesquisa revela que pandemia não impediu empresas de crescer na região de Rio Preto

LIDE NOROESTE PAULISTA

Pesquisa revela que pandemia não impediu empresas de crescer na região de Rio Preto

Na visão de empresários do Noroeste Paulista, pandemia e incertezas em relação as reformas tributárias e administrativa não impediram crescimento dos negócios


Na visão de empresários do Noroeste Paulista, pandemia e incertezas em relação as reformas tributárias e administrativa não impediram crescimento dos negócios
Na visão de empresários do Noroeste Paulista, pandemia e incertezas em relação as reformas tributárias e administrativa não impediram crescimento dos negócios - Freepik/Banco de imagens

A 1ª Pesquisa de Clima Empresarial Lide Noroeste Paulista, divulgada nesta terça-feira, 29, revela que o cenário de pandemia e as incertezas em relação as reformas tributárias e administrativa não têm impedido as empresas de crescer. O levantamento foi feito entre os dias 14 e 22 de setembro com a participação de 103 empresários da região nas posições de sócios, CEOs ou alta direção.

Entre os participantes, 58,3% apontaram que a receita da empresa está melhor do que no mesmo período do ano passado. Outros 22,3% informam que perderam receita em relação ao mesmo período de 2019.

A instabilidade causada pela pandemia de Covid-19 leva 71% dos empresários a acreditar que os negócios estarão normalizados em um período de até seis meses. Em relação a geração de empregos, apenas 4% das empresas informara que vão demitir. e 53% vão gerar novos postos de trabalho.

Os empresários também foram questionados sobre os fatores que impedem o crescimento dos negócios. Do total, 38,4% apontaram a carga tributária e outros 26,3% indicaram o Nível de Demanda.

O PIB brasileiro deve recuar 6% este ano, de acordo com 43% dos participantes. Em relação à 2021, a maioria absoluta dos empresários do Noroeste Paulista, 70%, acredita em um crescimento de 3% do PIB.

As reformas Administrativa e Tributária (45,6%), a crise internacional/saúde, (22,3%), e o cenário político (19,4%) são os três temas que mais preocupam os empresários em relação ao cenário econômico atual.

Educação e política são as duas áreas que mais precisam de melhorias, tanto nacional quanto regionalmente, de acordo com os empresários do Noroeste Paulista.

O presidente do Lide Noroeste Paulista, Marcos Scaldelai, afirma que a pesquisa mostra a visão fiel dos empresários da região frente a assuntos políticos e econômicos. "Queremos entender as demandas empresariais para auxiliar no crescimento e desenvolvimento do Noroeste Paulista”, afirma.