Curso ensina empreendedorismo a jovens em Rio Preto

CAPACITAÇÃO

Curso ensina empreendedorismo a jovens em Rio Preto

Aulas online gratuitas serão ministradas entre os meses de agosto e novembro


A empreendedora Isabella Simonini recebeu concluiu o curso no mês de junho
A empreendedora Isabella Simonini recebeu concluiu o curso no mês de junho - Arquivo pessoal

Estão abertas as inscrições para o curso gratuito de formação em Empreendedorismo do Programa Conecta. A iniciativa é um projeto realizado pela Copersucar em parceria com o Instituto Crescer e oferece capacitação para pessoas interessadas em montar ou estruturar o próprio negócio.

Cinco turmas já foram formadas desde que o projeto chegou a Rio Preto em 2018 e cerca de 120 jovens já foram atendidos. Para participar do processo seletivo do segundo semestre, os interessados devem se cadastras no site do programa até o dia 10 de agosto.

Por conta da pandemia do novo coronavírus, as aulas serão realizadas totalmente online entre os meses de agosto e novembro.

Para ter o cadastro validado e poder participar do processo de seleção, os pré-requisitos são: ter idade entre 18 e 34 anos, ensino médio completo e residir em Rio Preto. Ao todo, são 30 vagas oferecidas.

O curso - cujo conteúdo aborda os principais desafios e as oportunidades do empreendedorismo - foi fundamental para a técnica de nutrição, Nathália Aparecida Rodrigues, 30, alavancar o próprio negócio. Há cerca de um ano e meio, ela decidiu que queria trabalhar por conta própria e iniciou um negócio de produção e vendas de doces e salgados. "Eu queria me formalizar, mas tinha algumas dúvidas de como fazer. Por isso busquei essa capacitação", conta.

Aprovada no processo seletivo, ela teve acesso a estratégias de produção, comercialização e logística que ajudaram o negócio dela a crescer. "Antes, achava que era só produzir os bolos e vender. Aprendi a importância de um bom planejamento, como avaliar os custos e sobre administração financeira", conta Nathália.

A empreendedora Isabella Simonini também chegou ao curso de Empreendedorismo com o negócio próprio. Há cerca de 4 anos, ela aproveitou a expertise do pai - que trabalha com a venda de semijoias no atacado - e criou um e-commerce para vendas das peças no varejo.

"O curso foi muito edificador. Aprendemos sobre finanças, como iniciar um negócio, como tratar os clientes e ainda assistimos palestras de grandes empresários", afirma Isabella.

Para a coordenadora do projeto em Rio Preto, Cibele Brandão, abrir o próprio negócio é uma tarefa que precisa ser planejada e bem executada. "A capacitação é importante para o empreendedor vislumbrar novos nichos de mercado e conseguir renovar as parcerias e seus produtos".

Para participar, basta preencher o formulário no site conecta (https://bit.ly/cqpsjrp) e aguardar o processo seletivo. Entre os critérios que serão avaliados estão o perfil do empreendedor e se o negócio se encaixa com que o projeto busca.