Mais contribuintes acertam as contas com a Receita Federal de Rio Preto

IMPOSTO DE RENDA

Mais contribuintes acertam as contas com a Receita Federal de Rio Preto

Com fim do prazo de entrega, contribuinte pode acompanhar sua situação online


-

Pelo segundo ano consecutivo, a Delegacia da Receita Federal de Rio Preto recebeu um número de declarações do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) superior à expectativa do órgão. Foram 298.668 declarações recebidas até esta terça-feira, 30, quando o prazo se encerrou. A receita previa a entrega de 296 mil documentos na região (72 municípios).

Mesmo com a data limite prorrogada por dois meses - prazo anterior se encerrava em 30 de abril - muitos contribuintes deixaram para se acertar com o leão na última hora. Somente nos últimos quatro dias, a Receita Federal de Rio Preto recebeu 62,4 mil informações de rendimento.

Em Rio Preto, as 115.832 declarações também superaram a estimativa de 114 mil documentos. No Brasil, a receita recebeu 31.980.151 informações de rendimento, alta de 4,2% em relação ao ano passado. Apesar desse aumento, o número não atingiu a expectativa do órgão que era receber 32 milhões de declarações no País.

Os contribuintes que não cumpriram esse prazo precisarão apresentar todas as informações e pagar uma multa, que vai de R$ 165,74 até 20% do imposto devido.

"Quem estiver obrigado e não entregou a declaração ficará com o CPF pendente de regularização. Isso impede o contribuinte de realizar financiamentos bancários ou outras compras parceladas", afirma Mauro José da Silva, auditor fiscal da Receita Federal.

Mesmo para os contribuintes que fizeram a declaração dentro do prazo é importante acompanhar o processamento para verificar se não há inconsistências. As consultas podem ser realizadas no serviço Meu Imposto de Renda, disponível no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC), no site da Receita.

"É importante ressaltar que a restituição de quem tiver a Declaração retida na malha fiscal também ficará retida até que a pendência seja resolvida", alerta Silva.

O contribuinte que acabou deixando a declaração incompleta ou observou que os alguns dados estão incorretos deve buscar essa regularização o quanto antes, pois esse tipo de situação pode levar à malha fina.

Restituições

Mesmo antes do encerramento para a entrega das declarações, a Receita Federal já havia iniciado o pagamento das restituições. Na terça-feira, 30, foi aberto o segundo lote de restituição do. Mais de 3,3 milhões contribuintes receberão R$ 5,7 bilhões - maior valor registrado. O primeiro lote foi pago em 29 de maio. Os pagamentos vão até 30 de novembro, em mais três lotes mensais. Têm prioridade no recebimento pessoas com mais de 60 anos, com deficiência física ou mental e os que têm doença grave.

(Com Agência Brasil)

 

A Receita Federal prorrogou até 31 de julho as medidas temporárias adotadas por conta da pandemia referentes às regras para o atendimento presencial e procedimentos administrativos.

Os procedimentos administrativos que permanecem suspensos são: emissão eletrônica automatizada de aviso de cobrança e intimação para pagamento de tributos; procedimento de exclusão de contribuinte de parcelamento por inadimplência de parcelas; registro de pendência de regularização no Cadastro de Pessoas Físicas motivado por ausência de declaração; registro de inaptidão no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica motivado por ausência de declaração.

(com Agência Brasil)

Região (72 municípios)

  • Recebido - 298.668
  • Estimativa - 296.000

Rio Preto

  • Recebido - 115.832
  • Estimativa - 114.000

Catanduva

  • Recebido - 27.049
  • Estimativa - 27.041

Votuporanga

  • Recebido - 18.107
  • Estimativa - 17.732

Fernandópolis

  • Recebido - 12.239
  • Estimativa - 12.183

Mirassol

  • Recebido - 11.618
  • Estimativa - 11.326

Olímpia

  • Recebido - 10.071
  • Estimativa - 10.202

Novo Horizonte

  • Recebido - 7.663
  • Estimativa - 7.669

Fonte: Receita Federal