Caixa começa a pagar parcela do FGTSCaixa começa a pagar parcela do FGTS

EMERGÊNCIA

Caixa começa a pagar parcela do FGTS


FGTS é um direito do trabalhador registrado em carteira
FGTS é um direito do trabalhador registrado em carteira - Johnny Torres 6/12/2019

A Caixa começou nesta segunda-feira, 29, o pagamento do Saque Emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para 4,9 milhões de trabalhadores nascidos em janeiro. Nessa primeira etapa, o total de recursos soma mais de R$ 3,1 bilhões. O pagamento no valor de até R$ 1.045 será feito por meio de crédito na Conta Poupança Social Digital, aberta automaticamente pela Caixa em nome dos trabalhadores.

O pagamento será feito em etapas, de acordo com a data de nascimento. Agora, o dinheiro poderá ser usado em transações eletrônicas, numa fase que segue até o dia 21 de setembro. O trabalhador poderá pagar contas, boletos ou até mesmo fazer compras usando um cartão de débitos virtual.

A segunda etapa começa em 25 de julho, quando os trabalhadores poderão sacar ou transferir o valor para outras contas. Essa fase segue até o mês de novembro, para os nascidos em dezembro, que serão os que vão ter que esperar mais tempo, cinco meses neste caso.

Calendário  (Foto: Reprodução)

Caso não haja movimentação na conta de economia social digital até 30 de novembro deste ano, o valor será devolvido à conta do FGTS com devida remuneração do período, sem prejuízo para o trabalhador. Se após esse prazo, o trabalhador decidir fazer a emergência, poderá solicitar pelo Aplicativo FGTS até 31 de dezembro de 2020.

Para facilitar o acesso a informações, a Caixa disponibilizou uma nova versão do App FGTS com funcionalidades para consulta de informações sobre o saque emergencial. Pelo aplicativo, trabalhadores com direito ao saque podem agora consultar o valor disponível e a data prevista em que o recurso será creditado na conta poupança social digital.

A nova versão também traz a opção para o trabalhador informar que não deseja receber o valor.

Quem poderá sacar?

  • Todos os trabalhadores que tenham contas, ativas ou inativas, com saldo no FGTS

Qual será o valor?

  • O valor liberado será de até R$ 1.045 para todos os trabalhadores, limitado ao saldo total das contas

O saque será 100% digital

  • Crédito automático em Conta Poupança Social Digital Caixa, aberta pela Caixa para todos os trabalhadores com direito ao Saque Emergencial, para movimentação via App Caixa Tem

Pagamento

  • Na primeira etapa, o valor será movimento apenas pelo aplicativo Caixa Tem
  • Quando houve o crédito na conta poupança social digital, será possível pagar contas e boletos
  • Quando chegar a data será possível transferir o dinheiro para outros bancos ou sacar o valor

Canais de atendimento

www.fgts.caixa.gov.br e Disque 111, opção 2

  • o trabalhador poderá consultar o valor do saque emergencial
  • ver a data em que o valor será creditado na poupança social digital
  • App FGTS e Internet Banking Caixa
  • (a partir do dia 19 de junho)
  • Consultar o valor do saque emergencial
  • Ver a data em que o valor será creditado na poupança social digital
  • Optar por não fazer o saque emergencial
  • Solicitar o desfazimento após o crédito automático

Poupança social digital

  • É uma poupança, sem tarifas de manutenção, com limite mensal de movimentação de R$ 5 mil. A movimentação é feita pelo APP Caixa TEM

Como movimentar

  • Será possível usar em maquininhas de cartão para compras em supermercados, padarias, farmácias
  • Fazer compras, pagar boletos e contas em sites, com uso do cartão de débito virtual
  • Depois, será possível sacar em espécie ou transferir para contas de qualquer banco