IMPOSTO DE RENDA

Receita libera consulta a restituições


Embora o prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2020 ainda não tenha terminado, a liberação à consulta do primeiro lote de restituições ocorre já nesta sexta-feira, 22. É que o governo estendeu o prazo até 30 de junto em função da pandemia de coronavírus e, ao mesmo tempo, já havia mudado o calendário de liberação de crédito.

Na região, serão contemplados 8 mil contribuintes de 72 municípios da área de cobertura da delegacia da Receita Federal de Rio Preto. Serão liberados R$ 14,3 milhões, que serão creditados em conta bancária no próximo dia 29.

Até o momento, na região, foram entregues 147.237 declarações, de um total de 296.734 esperadas. No País, A Receita Federal havia recebido até a manhã de quarta-feira, 14,7 milhões de um total de 32 milhões previstas. Esse número revela que mais da metade dos contribuintes ainda não enviaram sua declaração.

Historicamente, o primeiro lote de restituição era pago no mês de junho, mas neste ano foi antecipado para maio. Também haverá a redução do número de lotes de sete para cinco. Dessa forma, a conclusão do pagamento das restituições, referentes às declarações que não tenham apresentado inconsistências, será no mês de setembro.

Outra mudança é quanto ao dia do crédito bancário, que normalmente se dava no dia 15 de cada mês. A partir de agora, o pagamento da restituição será realizado em lote no último dia útil do mês.

Saiba

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet (http://idg.receita.fazenda.gov.br). Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.