SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SEXTA-FEIRA, 24 DE SETEMBRO DE 2021
COLUNA DO DIÁRIO

Vereadores de Rio Preto se negam a detalhar dados sobre o uso de carros, diz advogada

Os técnicos do TCE apontaram falhas como “inadequação de gastos com pessoal” e “ausência de demonstração de interesse público nos gastos com combustível”

Vinícius Marques, Francela Pinheiro e Rodrigo LimaPublicado em 14/09/2021 às 22:50Atualizado há 15/09/2021 às 08:36
Jean Charles, ex-presidente da Câmara; julgamento de contas de sua gestão foi adiado após manifestação da defesa do Legislativo, que expõe problemas com vereadores (Guilherme Baffi 26/8/2021)

Jean Charles, ex-presidente da Câmara; julgamento de contas de sua gestão foi adiado após manifestação da defesa do Legislativo, que expõe problemas com vereadores (Guilherme Baffi 26/8/2021)

Seção exclusiva para assinantes. Assine para ter acesso ilimitado.

Já sou cadastrado.

Quero ter acesso ilimitado.

COLUNA DO DIÁRIO

Vereadores de Rio Preto se negam a detalhar dados sobre o uso de carros, diz advogada

Os técnicos do TCE apontaram falhas como “inadequação de gastos com pessoal” e “ausência de demonstração de interesse público nos gastos com combustível”

Vinícius Marques, Francela Pinheiro e Rodrigo LimaPublicado em 14/09/2021 às 22:50Atualizado há 15/09/2021 às 08:36

Jean Charles, ex-presidente da Câmara; julgamento de contas de sua gestão foi adiado após manifestação da defesa do Legislativo, que expõe problemas com vereadores (Guilherme Baffi 26/8/2021)

Há resistência, por parte dos vereadores, em fornecer dados detalhados sobre o uso de veículos oficiais da Câmara de Rio Preto. A afirmação foi feita pela própria advogada do Legislativo Danathielle Louise Motim ao Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE/SP), durante julgamento nesta terça, 14, das contas de 2018, quando a Casa era presidida por Jean Charles (MDB).

Os técnicos do TCE apontaram falhas como “inadequação de gastos com pessoal” e “ausência de demonstração de interesse público nos gastos com combustível”. Na participação online do julgamento, Danathielle disse que existem “entraves”. “A administração encontra alguns entraves com relação aos próprios parlamentares. Alguns vereadores opõem resistência à Presidência e à Mesa Diretora no momento de preencher (relatórios) com mais detalhes”, afirmou a advogada sobre o uso dos veículos oficiais. Ela defendeu que os vereadores devem responder ao TCE por essa resistência.

O julgamento das contas foi adiado por duas semanas. Mas, pelo visto, ainda vai dar muito o que falar no Legislativo.

NOTAS

Convence

O prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo (MDB), marcou para sexta-feira, 17, reunião com vereadores para discutir o projeto que pede aval do Legislativo para o município contrair empréstimo de R$ 300 milhões. Vereadores, inclusive da base aliada ao governo, listam estorvos na proposta como, por exemplo, o uso de termos genéricos para a aplicação do milionário recurso e a ausência de detalhes sobre os juros e o banco com o qual será formalizada a operação de crédito. Edinho terá de gastar saliva para convencer os ressabiados parlamentares. O projeto foi aprovado na legalidade e perambula no Legislativo à espera da votação pelo mérito.

Repeteco

O vereador em Rio Preto Odélio Chaves (Progressistas) apresentou projeto que cria o “IPTU Sustentável” no município. A proposta prevê desconto de 5% para o morador que plantar árvores em frente à sua residência e de 10% para quem plantar duas árvores. A iniciativa ainda prevê desconto para o dono de imóvel que usar energia solar. Ocorre que a Câmara já aprovou recentemente lei semelhante, de autoria de Pedro Roberto (Patriota), que inclusive foi suspensa pelo Tribunal de Justiça (TJ). Um novo projeto com o mesmo tema soa como repeteco.

Convite

As avançadas discussões de fusão do DEM com o PSL, ex-partido do presidente Jair Bolsonaro, já borbulham o meio político. E movimenta, inclusive, o xadrez eleitoral para o governo do Estado em 2022. O ex-governador Geraldo Alckmin, ainda filiado ao PSDB, mas preterido pela trupe que atualmente comanda a legenda, foi convidado para entrar no novo partido, que sequer tem nome ainda. As tratativas do ex-governador, que almeja retornar ao comando do Estado, estavam avançadas com o PSD. Se a fusão se confirmar, será formada uma bancada com 18 deputados estaduais na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).

Sem amarras

A união de duas siglas abre brecha jurídica para quem exerce mandato trocar de legenda sem que seja cassado por infidelidade partidária. Por isso, o deputado federal Geninho Zuliani, que está no DEM, acompanha de perto as negociações entre a cúpula de seu partido e o PSL. Caso ocorra a fusão, tanto o DEM quanto o PSL deixariam de existir e Geninho não precisaria esperar até março, quando se abre a janela partidária, para se filiar a uma outra sigla. Geninho já recebeu convite para filiar-se ao PSDB, seguindo o mesmo caminho de seu mentor político, o vice-governador Rodrigo Garcia, ex-DEM e hoje no PSDB.

Suspende

A Prefeitura de Rio Preto suspendeu a abertura de propostas financeiras, prevista para esta quinta-feira, 16, na licitação para demolição da cobertura da estação rodoviária. A empreitada prevê gastos de até R$ 1,9 milhão. A concorrência foi suspensa porque uma das empresas inabilitadas apresentou recurso.

CURTAS

Criatividade - Um novo projeto sobre o horário das sessões deve pipocar na Câmara nos próximos dias. Sem consenso sobre duas sessões por semana, um grupo de vereadores articula projeto para que a sessão na terça ocorra em duas etapas, uma parte pela manhã e outra à tarde. É muita criatividade com a desculpa de que é preciso mais “tempo” para discutir as propostas em pauta.

Perto da meta - O Lide (Grupo de Líderes Empresariais) divulgou nesta terça-feira, 14, que o projeto Noroeste do Bem, de urbanização da favela da Vila Itália, arrecadou R$ 5 milhões. A meta do grupo é viabilizar R$ 6 milhões no empreendimento. O projeto teve início em junho.

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por