SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SEGUNDA-FEIRA, 16 DE MAIO DE 2022
COLUNA DO DIÁRIO

Pupilo de Cabrera no início da carreira, Rodrigo reencontra empresário após longa ruptura

Governador se encontrará com Antônio Cabrera neste domingo, 1º, em Rio Preto

Maria Elena Covre com Vinícius Marques
Publicado em 29/04/2022 às 22:58Atualizado em 30/04/2022 às 07:42
Rodrigo Garcia (PSDB), governador de São Paulo (Divulgação/Governo de SP)

Rodrigo Garcia (PSDB), governador de São Paulo (Divulgação/Governo de SP)

Seção exclusiva para assinantes. Assine para ter acesso ilimitado.

Já sou cadastrado.

Quero ter acesso ilimitado.

COLUNA DO DIÁRIO

Pupilo de Cabrera no início da carreira, Rodrigo reencontra empresário após longa ruptura

Governador se encontrará com Antônio Cabrera neste domingo, 1º, em Rio Preto

Maria Elena Covre com Vinícius Marques
Publicado em 29/04/2022 às 22:58Atualizado em 30/04/2022 às 07:42

Rodrigo Garcia (PSDB), governador de São Paulo (Divulgação/Governo de SP)

É grande o interesse político em torno do encontro entre Rodrigo Garcia (PSDB) e Antônio Cabrera Mano Filho neste domingo, 1º, em Rio Preto.

O governador de São Paulo é esperado para uma visita à Missão Vida, entidade assistencial voltada a moradores de rua que o megaempresário e ex-ministro da Agricultura na gestão Fernando Collor inaugura na cidade neste sábado, 30.

Na verdade, não será um encontro, mas um reencontro entre os dois políticos muito próximos no passado. Rodrigo, aliás, despontou para a meteórica carreira política pelas mãos de Cabrera. O primeiro cargo do hoje governador foi de secretário adjunto de Agricultura do Estado de São Paulo na gestão Mário Covas, de 1995 a 1996. E quem era o titular da pasta? Ele mesmo, Cabrera.

O primeiro cargo eleitoral de Rodrigo chegou em 1998, como deputado estadual pelo PFL. O rompimento entre os dois se deu neste mesmo ano, quando Paulo Maluf, então todo-poderoso do PPB, preteriu Cabrera como candidato ao Senado para lançar a estrela do basquete Oscar Schmidt, decisão então avalizada por Gilberto Kassab e Rodrigo Garcia. Depois disso, a relação nunca mais foi reatada.

Bolsonarista de primeira hora e liderança poderosa no meio do agronegócio, Cabrera é um apoio que poucos políticos dispensam no momento.

NOTAS

Vida real

Em Rio Preto na segunda-feira, 2, para o programa “Governo na Área”, Rodrigo Garcia fará duas daquelas incursões em que o político em campanha deixa os palácios do poder e redescobre a vida como ela é para uma gama significativa dos eleitores: vai almoçar no Restaurante Bom Prato, na região central de Rio Preto, e dar uma sapeada pela Favela Marte.

Semeando

Fábio Marcondes, secretário de Esportes de Rio Preto, segue plantando sementes num terreno fértil em votos: o dos boleiros de fim de semana, seja nas várzeas da periferia, seja nos clubes da classe média. No último domingo, 24, por exemplo, integrantes dos quatro times que participaram de uma confraternização no Monte Líbano, com direito a bater uma bolinha, levaram o nome do vereador licenciado do PL no peito.

Indiferença 1

Ninguém vai assumir oficialmente, pelo contrário. Mas há uma deliberada indiferença na ala política do alto escadão da gestão Edinho Araújo (MDB) sobre o destino do coronel Fábio Rogério Candido, defenestrado pelo governador Rodrigo Garcia (PSDB) do comando do CPI-5. Muita gente no entorno do emedebista acha que a Polícia Militar de Rio Preto passou pano para os excessos dos bolsonaristas durante o auge da pandemia.

Indiferença 2

Ainda não foram digeridos os protestos de rua contra medidas restritivas no auge da pandemia, que ficaram sem uma atuação efetiva da PM. Esta teria ainda feito menos do que podia para ajudar a coibir festas clandestinas e a abertura irregular de comércios da periferia, fiscalização que acabou por conta da Guarda Municipal.

Sentido

Mas a tropa de defensores do coronel Fábio Rogério segue disposta a continuar fazendo barulho. O vereador Júlio Donizete (PSD), policial militar aposentado, disse que vai à Tribuna da Câmara de Rio Preto na sessão da próxima terça-feira para falar o que pensa da “palhaçada” que foi feita com o ex-comandante.

Zero três

Quem desembarca em Catanduva no próximo dia 6 de maio, com direito a mobilização regional por meio de grupos bolsonaristas no WhatsApp, é o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL). O evento em torno do filho presidencial está sendo organizado pelo empresário Ricardo Rebelato.

Gafe

Ainda repercute nos bastidores a frase infeliz, ou ingênua, da secretária de Meio Ambiente de Rio Preto, Kátia Penteado, de que o munícipe deve colaborar com a coleta de lixo, porque “é feita gratuitamente” na porta de sua casa. “Alguém precisa dizer para ela que esse é um dos serviços mais caros pagos pelo município”, diz um atento e crítico observador da política local. O contrato de um ano com a Constroeste para o serviço é de R$ 63,4 milhões.

FLASH NELES O vereador Bruno Moura (PSDB) decidiu voltar a mexer no vespeiro de pacientes zangados na UPA do Jaguaré na noite desta quinta-feira, 28. As encrencas da saúde nos postos da periferia andavam um tanto silenciadas depois que o lixo provocou grita, também, no andar superior da pirâmide social. Atrás de uma agenda “quente” para o deputado federal Luiz Carlos Motta (PL), que tinha acabado de desembarcar em Rio Preto, o tucano o levou para uma visita à Unidade de Pronto Atendimento, onde não faltam reclamações. Além das já sabidas lotação e espera por atendimento, a dupla encontrou o painel eletrônico pelo qual os pacientes são chamados quebrado, forçando atendentes a gritar, em meio à barulheira geral, os nomes dos pacientes. Mas eis que, diante da presença das autoridades, fez-se o milagre e, 40 minutos depois, o equipamento voltou a funcionar. Pacientemente, Motta ouviu um rosário de queixas dos doentes e acompanhantes. A resposta veio pelas redes sociais: prometeu “diálogo com o secretário e o prefeito” para saber como ajudar a resolver o problema. (Reprodução/Vídeo/Redes Sociais)

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por