SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SÁBADO, 16 DE OUTUBRO DE 2021
COLUNA DO DIÁRIO

Protestos marcam visitas de ministros a Rio Preto

Episódios dão uma amostra do clima que os políticos vão enfrentar em 2022

Vinícius Marques Com Rodrigo Lima e Rone Carvalho
Publicado em 28/08/2021 às 19:11Atualizado em 29/08/2021 às 07:55
Barrado em evento no Instituto Federal, grupo protesta contra Bolsonaro e a visita do ministro da Educação em Rio Preto (Johnny Torres 28/8/21)

Barrado em evento no Instituto Federal, grupo protesta contra Bolsonaro e a visita do ministro da Educação em Rio Preto (Johnny Torres 28/8/21)

Seção exclusiva para assinantes. Assine para ter acesso ilimitado.

Já sou cadastrado.

Quero ter acesso ilimitado.

COLUNA DO DIÁRIO

Protestos marcam visitas de ministros a Rio Preto

Episódios dão uma amostra do clima que os políticos vão enfrentar em 2022

Vinícius Marques Com Rodrigo Lima e Rone Carvalho
Publicado em 28/08/2021 às 19:11Atualizado em 29/08/2021 às 07:55

Barrado em evento no Instituto Federal, grupo protesta contra Bolsonaro e a visita do ministro da Educação em Rio Preto (Johnny Torres 28/8/21)

Dois ministros de Jair Bolsonaro (sem partido) visitaram Rio Preto nos últimos dias e foram recebidos com protestos, em uma prévia do que se vislumbra da corrida eleitoral de 2022. Na segunda, 23, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, foi recebido no Hospital de Base com manifestações de estudantes da Famerp, dirigindo críticas à atuação do presidente na pandemia. Neste sábado, 28, a situação não foi diferente na visita do ministro da Educação, Milton Ribeiro, para inaugurar o Instituto Federal de Educação.

O evento, restrito a poucos convidados, foi marcado por protesto de estudantes, que ficaram do lado de fora com faixas contra Bolsonaro e sua gestão na Educação. Em seu discurso, Ribeiro mostrou incômodo com a situação e rebateu. “É um governo que parou de mandar dinheiro para Cuba e Venezuela e foca os recursos no País. Seguramente, em Cuba e Venezuela nenhuma manifestação poderia ser feita. Vivemos numa democracia”, afirmou, ao citar países adulados pelo rival político Lula (PT). Por outro lado, o presidente mobiliza grupos diversos para mostrar força nos atos marcados para 7 de Setembro. A campanha antecipada ganha cada vez mais as ruas com o País dividido. ​​​

NOTAS

undefined

Em meio ao clima amargo na visita do ministro de Educação, o prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo (MDB), tentou suavizar a situação. Ao final do evento, o prefeito entregou um pacote de doces de Schmitt a Ribeiro. “Que o senhor leve a doçura de Rio Preto”, disse Edinho em tom afável, ao entregar uma cesta com as guloseimas.

undefined

O Ministério Público acompanha o desenrolar do inquérito policial sobre a denúncia de suposta “rachadinha” na Câmara de Rio Preto, que tem 45 pessoas investigadas, sendo 11 vereadores. “Estamos aguardando as apurações. Dependendo da situação, pode ser aberto inquérito relativo ao patrimônio público”, disse o promotor Sérgio Clementino.

undefined

A alta tensão de parte dos vereadores com Renato Pupo (PSDB), que deu prosseguimento à denúncia anônima da suposta “rachadinha”, começa a ser vista com ressalvas. A carta foi encaminhada a diversos órgãos, com nomes de vereadores, assessores e até valores. A investigação seria aberta de qualquer maneira, independentemente de Pupo, que parece ter virado o “vilão” para os acusados.

undefined

O decreto da Prefeitura de Rio Preto que obriga servidores a comprovar vacinação contra a Covid-19, sob pena de responder a processo administrativo, foi definido depois de repetidas recusas ao imunizante. A negativa de tomar a vacina será considerada ato gravíssimo pelo governo, com caminho aberto, inclusive, para demissões. Há dezenas de casos na Prefeitura e também autarquias, como o Semae, em que os funcionários simplesmente se negam a tomar a vacina. Na avaliação da cúpula do governo, a rejeição deve ser tratada como risco à saúde pública.

undefined

O secretário de Trânsito de Rio Preto, Amaury Hernandes, terá maratona nos próximos dias para falar sobre o contrato de concessão do transporte coletivo, que termina em novembro. Hernandes admitiu à Coluna que a Prefeitura tem a intenção de prorrogar o contrato, algo que ainda depende de estudos e que precisa ser aprovado na Câmara. Na segunda, 30, o secretário vai ser ouvido na CPI do Transporte, presidida por Robson Ricci (Republicanos). Na terça, 31, vai à Câmara, durante a sessão, passar por sabatina sobre o tema. A convocação foi apresentada por João Paulo Rillo (Psol), que recebeu raro apoio de parlamentares para ser aprovada.

undefined

As manifestações de apoio ao presidente Jair Bolsonaro, principalmente em São Paulo, no dia 7 de Setembro, ganham adesão na região. Além de caravana de Rio Preto, ônibus partirão de Catanduva para o ato pró-presidente, que será realizado na avenida Paulista.

CURTAS

Decide - O Conselho de Ética da Câmara de Rio Preto tem reunião nesta segunda-feira, 30, para decidir sobre representação contra Anderson Branco (PL). O vereador foi alvo de queixa por postagem em redes sociais que associa a diversidade sexual a algo diabólico. Branco pode receber advertência da comissão. O vereador se diz injustiçado pela situação. 

 Turismo - O Parlamento Regional, que reúne vereadores das 37 cidades que fazem parte da Região Metropolitana de Rio Preto, teve encontro nesta sexta na Câmara de Rio Preto para debater a expansão do turismo em meio à pandemia. Foram abordados temas como a “Rota Caipira” e o cicloturismo.

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por