SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SÁBADO, 16 DE OUTUBRO DE 2021
COLUNA DO DIÁRIO

Processo administrativo abre outra linha de apuração na CPI das Terceirizadas

Os contratos que foram colocados em xeque eram assinados com a empresa SMS Serviços

Vinícius Marques, Rodrigo Lima e Francela Pinheiro
Publicado em 18/09/2021 às 22:37Atualizado em 18/09/2021 às 22:40
Processo administrativo para apurar falha de servidor abre outra linha de apuração na CPI (Rodrigo Lima)

Processo administrativo para apurar falha de servidor abre outra linha de apuração na CPI (Rodrigo Lima)

Seção exclusiva para assinantes. Assine para ter acesso ilimitado.

Já sou cadastrado.

Quero ter acesso ilimitado.

COLUNA DO DIÁRIO

Processo administrativo abre outra linha de apuração na CPI das Terceirizadas

Os contratos que foram colocados em xeque eram assinados com a empresa SMS Serviços

Vinícius Marques, Rodrigo Lima e Francela Pinheiro
Publicado em 18/09/2021 às 22:37Atualizado em 18/09/2021 às 22:40

Processo administrativo para apurar falha de servidor abre outra linha de apuração na CPI (Rodrigo Lima)

A partir de reportagens feitas pelo Diário em fevereiro do ano passado sobre reformas em calçadas, a Câmara de Rio Preto formou uma comissão para investigar as despesas e apontou indícios de irregularidades que foram encaminhados ao Ministério Público. Por determinação do prefeito Edinho Araújo (MDB), o município, por sua vez, iniciou sindicância, que é uma investigação interna sobre a situação.

Os contratos que foram colocados em xeque eram assinados com a empresa SMS Serviços, que tem como dono Sidenir Martins Silva, subprefeito de Talhado quando Edinho governou Rio Preto entre 2001 e 2004. Duas frentes de apuração foram abertas, uma das reformas em calçadas e outra de contratos variados da empresa para construção de sarjetões. Na última semana, o promotor Carlos Romani arquivou a investigação. As sindicâncias também foram concluídas sem encontrar problemas.

No entanto, foi aberto agora um outro processo administrativo para avaliar a conduta de um servidor que atestou serviço que não foi realizado e custou R$ 5 mil aos cofres públicos, em contrato da Secretaria de Trânsito. A Prefeitura diz que houve uma falha reconhecida pela própria empresa, mas os vereadores da CPI das Terceirizadas na Câmara não estão convencidos disto. Tanto que, com um cópia da sindicância em mãos, a comissão decidiu abrir a terceira linha de investigação do caso.

Notas

Em baixa

A intenção do governador João Doria (PSDB) é de ser candidato a presidente no ano que vem, mas pesquisa Datafolha divulgada na sexta, 17, mostra um cenário difícil para o tucano há pouco mais de um ano da eleição. O levantamento do instituto mostra que o ex-presidente Lula (PT) lidera a corrida eleitoral atualmente, com 44% das intenções de voto, seguido por Bolsonaro, com 26%. Ciro Gomes (PDT) ficou em terceiro lugar, com 11%. Doria fica em quarto, com 6%.

Consultoria

O presidente do Patriota de Rio Preto, Ulisses Ramalho, convidou o ainda tucano Beto Perosa para ser uma espécie de consultor da legenda no município. Perosa, que está de malas prontas para desembarcar do PSDB pelo apoio ao ex-governador Geraldo Alckmin em 2022, foi convidado para se filiar ao Patriota. Perosa disse que vai pensar sobre a proposta.

Caravana

Não dá mais de apenas um rolê, o nível de viagens ao Interior do vice-governador Rodrigo Garcia, pré-candidato ao Estado na eleição do ano que vem. O próprio tucano divulgou vídeo nas redes que mostra viagens para cidades da regiões de Rio Preto e Ribeirão Preto, ainda sobre lançamento de programa que prevê investimentos de R$ 47,5 bilhões. Na postagem aparecem no mapa mais de 50 cidades beneficiadas com recursos anunciados pelo vice. Ao que consta, Rodrigo já até contratou equipe de marqueteiros para ditar o rumo da, por enquanto, pré-campanha.

Mentor

A ação que coloca em xeque cargos em comissão na Prefeitura de Rio Preto foi protocolada na Justiça pela direção estadual do Psol. No entanto, os detalhes sobre os cargos e funções gratificadas que a Procuradoria-Geral de Justiça coloca em xeque foram repassados pelos integrantes do partido em Rio Preto. Para aliados mais próximos de de Edinho a ação tem nome e sobrenome: João Paulo Rillo, vereador do Psol em Rio Preto que faz oposição ao governo.

Neste mês

O vereador Paulo Pauléra (Progressistas) reconhece que atua no Legislativo como líder informal do governo. O parlamentar afirma que conversa com colegas sobre as propostas apresentadas pelo Executivo, que precisam de aval na Câmara. Pauléra considerou “louvável” a iniciativa de Edinho de reunir vereadores para apresentar obras previstas em empréstimo. Edinho apresentou a lista de obras. Agora se serão realizadas via empréstimo, será decisão da Câmara. O governo espera a aprovação até o fim do mês.

Livre

Transporte coletivo em Rio Preto deve ser gratuito para “gestantes carentes”, termo previsto em projeto do vereador Odélio Chaves (Progressistas). A proposta foi protocolada nesta sexta, 17.

Curtas

Horário - Vereadores irão votar em regime de urgência na terça, 21, projeto que aumenta de duas para três horas o expediente das sessões, que é quando os parlamentares debatem requerimentos e usam a tribuna, antes da votação dos projetos de lei. A proposta é de autoria de Robson Ricci (Republicanos).

Isenta - E mais um projeto de isenção de IPTU será votado na terça. Proposta de Jorge Menezes (PSD) e Anderson Branco (PL) defende a isenção total a todos os moradores referente aos meses de março e abril deste ano em função do período de lockdown decretado pela Prefeitura de Rio Preto.

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por