SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SÁBADO, 04 DE DEZEMBRO DE 2021
COLUNA DO DIÁRIO

Cúpula do PSDB marca encontro do partido em Rio Preto em apoio a Doria

A região de Rio Preto tem um peso especial na escolha, afinal são 17 mil filiados que estarão aptos a votar na prévia nacional marcada para 21 de novembro

Vinícius Marques e Francela Pinheiro
Publicado em 13/10/2021 às 22:44Atualizado em 14/10/2021 às 08:36
Governador João Doria em reunião do partido em Araçatuba; tucano tem de vencer a disputa interna para conseguir concorrer à Presidência da República em 2022 (Divulgação)

Governador João Doria em reunião do partido em Araçatuba; tucano tem de vencer a disputa interna para conseguir concorrer à Presidência da República em 2022 (Divulgação)

Seção exclusiva para assinantes. Assine para ter acesso ilimitado.

Já sou cadastrado.

Quero ter acesso ilimitado.

COLUNA DO DIÁRIO

Cúpula do PSDB marca encontro do partido em Rio Preto em apoio a Doria

A região de Rio Preto tem um peso especial na escolha, afinal são 17 mil filiados que estarão aptos a votar na prévia nacional marcada para 21 de novembro

Vinícius Marques e Francela Pinheiro
Publicado em 13/10/2021 às 22:44Atualizado em 14/10/2021 às 08:36

Governador João Doria em reunião do partido em Araçatuba; tucano tem de vencer a disputa interna para conseguir concorrer à Presidência da República em 2022 (Divulgação)

Depois de um giro por Araçatuba, Presidente Prudente e São José dos Campos na última semana, o “bonde tucano” do governador João Doria (PSDB) chega a Rio Preto neste sábado, 16. O evento tem como objetivo conseguir apoio para a indicação de João Doria como candidato a presidente da República pelo PSDB. Doria vai disputar, em novembro, as prévias do partido contra o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto. O pré-candidato que conseguir mais votos entre os filiados em todo País será o nome do PSDB a disputar a presidência da República em 2022. O vice-governador Rodrigo Garcia, único nome inscrito como pré-candidato ao governo do Estado de São Paulo, também irá marcar presença no encontro no Ipê Park Hotel. São esperadas 300 pessoas.

A região de Rio Preto tem um peso especial na escolha, afinal são 17 mil filiados que estarão aptos a votar na prévia nacional marcada para 21 de novembro. Só na cidade de Rio Preto são 7 mil votos. “A região de Rio Preto é uma das mais fortes do País para o PSDB”, disse o presidente estadual do partido, Marco Vinholi.

NOTAS

Negado

A Prefeitura de Rio Preto tomou um revés nesta quarta-feira, 13, no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ/SP). O Executivo recorreu ao TJ para questionar lei aprovada na Câmara que isenta a cobrança da taxa de funcionamento de empresas do ramo de eventos, buffet, bares e restaurantes durante a paralisação das atividades, devido à pandemia. A Prefeitura argumentou que “o benefício fiscal nestas condições gerará danos irreversíveis ao erário”. A lei, de autoria do vereador Jorge Menezes (PSD), foi promulgada em 21 de setembro. O tribunal negou pedido de liminar para suspender provisoriamente a lei, que por enquanto segue em vigor.

Repúdio

A indicação de três homens como suplentes no Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres, feita pelo governo Edinho Araújo (MDB), vai render discussões na sessão desta quinta-feira, 14, na Câmara de Rio Preto. O vereador João Paulo Rillo (Psol) apresentou moção de repúdio ao Executivo. Segundo o parlamentar, a indicação de homens deixou de “contemplar as mulheres servidoras, que deveriam representar os respectivos setores no Conselho, o que expõe uma situação de violência institucional”. A oposição, claro, não iria perder a chance de fazer críticas diante do vacilo do governo.

Pela Ordem

As inscrições para a eleição da OAB de Rio Preto começaram nesta quarta-feira, 13, e três chapas entraram na disputa. O atual presidente da Ordem, Marcelo Henrique, vai apoiar o advogado Henry Atique, atual vice, que oficializou sua candidatura. A oposição se movimenta com a inscrição de Lucineia dos Santos, ex-secretária de Saúde de Olímpia, e o advogado Luiz Fernando Volpe. Cerca de 6 mil advogados podem votar na eleição em 25 de novembro.

Espeto

Em sua saga para retornar ao cenário político, o ex-prefeito de Rio Preto Valdomiro Lopes (PSB) voltou às redes sociais para criticar o governo Edinho Araújo. Na semana passada, Valdomiro deu bronca sobre a demora para a reforma do Centro Esportivo do Eldorado. A obra foi prometida em 2013, no governo do ex-prefeito, mas só teve início em 2019. A empreitada, por empréstimo, teve problemas com licitações. O atual secretário de Esportes, Fábio Marcondes, afirma que as declarações de Valdomiro “não condizem com a realidade”.

Mais queixa

Nesta quarta, o ex-prefeito voltou à tona com críticas ao reajuste na tarifa do ônibus, que deve ocorrer com a renovação do atual contrato do transporte. Ele afirmou que o seu governo reduziu valores. Já a atual administração se queixa que, em dois anos, Valdomiro não concedeu reajuste e isso gerou um desequilíbrio contratual. O ex-prefeito mantém o discurso afiado e ácido em busca de projeção para ser candidato a deputado federal em 2022.

CURTAS

Federação - A direção do PP, partido que pode receber em breve a filiação do presidente Jair Bolsonaro, está cogitando se unir ao PL. O novo formato, aprovado no Congresso recentemente, permite que partidos façam alianças para as eleições. Diferentemente das coligações, as federações não são encerradas após o período eleitoral e devem durar, no mínimo, por quatro anos.

 Esperado - O ex-presidente da Câmara Paulo Pauléra (PP) disse que já esperava a decisão da Justiça que julgou improcedente a ação de improbidade pela nomeação de ex-assessora, a qual teria contrato com a Prefeitura. “O ato (de nomeação) foi de acordo com o Regimento da Câmara e amparado pelo departamento jurídico”, afirmou.

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por