SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | DOMINGO, 14 DE AGOSTO DE 2022
COLUNA DO DIÁRIO

Com Cabrera como interlocutor, Rodrigo Garcia se aproxima do agro e corteja Bolsonaro

Governador Rodrigo Garcia (PSDB) fincou bandeira entre lideranças e autoridades de grande simbolismo no setor durante evento em Presidente Prudente nesta quinta, 21

Maria Elena Covre com Vinícius Marques
Publicado em 22/07/2022 às 23:31Atualizado em 23/07/2022 às 14:03
Rodrigo fala durante evento em Presidente Prudente (reprodução/vídeo)

Rodrigo fala durante evento em Presidente Prudente (reprodução/vídeo)

No duelo que trava com Tarcísio de Freitas (Republicanos) pelo apoio do agronegócio paulista na corrida ao Palácio dos Bandeirantes, o governador Rodrigo Garcia (PSDB) fincou bandeira entre lideranças e autoridades de grande simbolismo no setor durante evento em Presidente Prudente nesta quinta-feira, 21.

Tudo, segundo a Coluna apurou, estrategicamente costurado e planejado com a ajuda do megaempresário rio-pretense Antonio Cabrera, ex-ministro da Agricultura, nome dos mais fortes no meio do agro, bolsonarista ferrenho e de quem Rodrigo Garcia se reaproximou bem recentemente, ao visitá-lo em Rio Preto, depois de um longo período de relações políticas e pessoais estremecidas.

Na atividade em Presidente Prudente, cuja pauta — regulamentar lei autorizando transferência de terras a produtores rurais — foi escolhida a dedo pelos envolvidos para justificar a presença de outro nome próximo, e de absoluta confiança, do presidente Jair Bolsonaro (PL), o secretário especial de Assuntos Fundiários do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Luiz Antônio Habhan Garcia.

Além do tucano, do secretário da gestão Bolsonaro e de Cabrera, o “palanque” contou ainda com outro nome de peso do agronegócio pelo interior paulistas, o presidente do Hospital do Amor de Barretos, Henrique Prata.

NOTAS

Arena

Arena montada, Rodrigo seguiu o script previamente traçado, agradecendo e elogiando Bolsonaro por relevantes préstimos ao Estado, além de mandar um abraço ao mandatário. “Você [Nabhan] vai sair daqui e voltar para Brasília, quero que leve um abraço para o presidente [Bolsonaro], porque hoje [quinta] ele encaminhou ao Senado Federal um PL de empréstimo para o governo de SP de 500 milhões de dólares para a linha 2 do metrô”.

Pode bater

Antes, Rodrigo cedeu o “palco” para que o emissário de Bolsonaro atacasse o principal adversário do presidente na guerra pelo Palácio do Planalto. “Quem trouxe para cá o MST carrega um peso nas costas porque trouxe a criminalidade para região, trouxe o atraso", disse Nabhan.

Ganha-ganha

A aproximação de Rodrigo e Bolsonaro, com Cabrera como interlocutor, se revela boa para os dois. O primeiro, pelos motivos já citados acima. Para o segundo, porque ganha mais um palanque de direita no maior colégio eleitoral do País.

Barulho

Empresários rio-pretenses que seguem firmes e fortes com a dupla Tarcísio e Bolsonaro estão otimistas com o adesivaço deste sábado, 23, de manhã, no Centro Regional de Eventos. O grupo que organiza a atividade mandou produzir e pagou 1,5 mil colantes e fala em novo lote para breve se esgotar. A mobilização ocorre por meio de cerca de dez grupos bolsonaristas em intensa atividade no WhatsApp e Telegram.

Desgaste 1

Se Rodrigo Garcia começa a se reposicionar junto a representantes do agro paulista, deputados estaduais aliados ao tucano se tornaram alvos do Sindicato Rural de Fernandópolis e do Movimento dos Produtores Rurais da cidade.

Desgaste 2

As duas entidades aparecem como “apoiadoras” de um outdoor com fotos de Itamar Borges (MDB), Carlão Pignatari (PSDB) e Analice Fernandes (PSDB), todos candidatos à reeleição, sob um texto em letras garrafais: “esses foram os deputados da nossa região que votaram na lei que aumenta o ICMS dos alimentos”.

Sem trauma

Não foi por trauma de vaias que o prefeito Edinho Araújo (MDB), ainda que estivesse no palco, perdeu a oportunidade de falar a uma arena lotadaça de artistas e público em geral que participaram da abertura do FIT na noite desta quinta, 21, diz a Secretaria da Cultura. “A abertura tradicionalmente é feita com um rápido agradecimento do cerimonialista, a exibição de um vídeo de cinco minutos sobre o festival e a apresentação da peça inaugural”, completou a pasta.

Expectativa

A nova sede da Polícia Federal que está sendo construída às margens da Washington Luís já ganhou identidade visual na fachada, mas as obras ainda não foram entregues. A expectativa dos ocupantes do novo espaço é de que a mudança de casa ocorra no final de agosto, comecinho de setembro.

SÓ NO SAPATINHO

Com aquele jeitinho manso, aparentemente inofensivo na selva política, o vice-prefeito de Rio Preto, Orlando Bolçone (União Brasil), vem se dedicando com afinco a reuniões por toda a cidade a título de discutir o orçamento do município para 2023. A elaboração do projeto de lei orçamentária é atribuição da Secretaria de Planejamento, sob o comando de Bolçone. São dois ou três encontros todos os dias. Fora as indicações presenciais, a movimentação já rendeu 350 sugestões pela internet. Duas curiosidades: 1) o público das audiências tem sido composto maciçamente por mulheres; 2) vem chamando atenção a frequência com que Bolçone tem sido visto nestas atividades acompanhado dos vereadores Renato Pupo (candidato a deputado estadual pelo PSDB) e Pedro Roberto (presidente da Câmara, que é do Patriota), como na foto

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por